Página Inicial > Roteiros Temáticos

Roteiros Temáticos

Para descobrir Viana do Castelo, aproveite passear a pé ou de bicicleta, pelas ruas e ruelas do seu centro histórico, um dos mais belos e conservados do país, conhecendo os seus majestosos edifícios históricos, onde os estilos manuelino, barroco, revivalista e art-déco predominam, ou então passeie pela montanha, onde o ar é mais puro e cheiro de fragâncias da diversidade flora. Aqui encontrará algumas sugestões de roteiros temáticos que o ajudarão nesta descoberta.

Roteiro Cultural

A grande maioria das atrações de que Viana do Castelo dispõe estão situadas no centro da cidade, muito perto umas das outras. Por esta razão, aconselha-se andar a pé ou de bicicleta.

O local de início deste roteiro será junto à estátua do Manel e Maria, à beira da estação de caminho de ferro de Viana do Castelo. A partir daqui, e com a extensa Avenida dos Combatentes da Grande Guerra pela frente, pode o turista observar a artéria principal da cidade, com o rio Lima como pano de fundo. 
Começamos por virar logo à esquerda, passando pelo Antigo Convento de Sant’Ana (Igreja da Caridade) e seguindo em frente temos o belíssimo Teatro Municipal Sá da Bandeira.


Igreja da Caridade

Regressando um pouco atrás, na primeira à esquerda, deparamo-nos com a Casa dos Condes de Carreira (Monumento Nacional), atual edifício da Câmara Municipal de Viana do Castelo. Adiante temos uma das praças mais famosas da cidade, a Praça da República.


Praça da República

É nesta Praça onde convergem as várias artérias da cidade, sendo considerada o centro histórico da cidade. Aqui várias são as atrações, desde o Chafariz (Monumento Nacional), passando pelo edifício da Misericórdia, até ao edifício dos Antigos Paços do Concelho (Monumento Nacional). Nas traseiras deste edifício pode ser visto o Portal de Mexia Galvão. É também nesta emblemática praça que está o Museu do Traje, local onde são exibidos os típicos trajes “à vianesa”, peculiares pelas suas formas, cores e desenhos. Aproveite para o visitar.


Museu do Traje

A partir desta praça podemos seguir por diversos caminhos, não fosse, como referido anteriormente, o centro da cidade. Seguindo pela rua da Picota, lateral, à esquerda do Museu do Traje, corta-se à esquerda e deparamo-nos com a Praça da Erva, local onde se encontra o edifício do Hospital Velho (séc. XV), atual Posto de Turismo da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal. Era aqui, o local de paragem dos muitos peregrinos que se deslocavam a Santiago de Compostela.


Hospital Velho

Seguindo o nosso passeio, pela rua do Hospital Velho até ao final, cortando-se à direita em direção à Avenida da Liberdade, deparamo-nos com a Casa do Nichos - Núcleo Museológico de Arqueologia. Após esta paragem, onde podemos reaprender alguma história da evolução das civilizações, siga até à Avenida dos Combatentes e siga na direção do rio Lima, até à Praça da Liberdade.


Praça da Liberdade

Nesta praça, pode ser observado um monumento de elevado simbolismo histórico para os portugueses (representativo da Revolução dos Cravos), assim como aproveitar a beleza da paisagem. E como a fome já aperta, pode optar por almoçar num dos diversos restaurantes da zona, aproveitando as iguarias mais típicas de Viana; o bacalhau, o polvo assado, o cabrito, os rojões, entre outras, acompanhadas do Vinho Verde da região. 
Após o almoço sugere-se um passeio junto ao rio Lima, em direção ao jardim público e ao jardim da Marina, onde as crianças se podem deliciar com os inúmeros carrosséis disponíveis, enquanto os mais graúdos tiram fotografias com o Templo de Santa Luzia ou a ponte Eiffel, como pano de fundo. Após este “intervalo” podemos regressar para trás, passando de novo pela Praça da Liberdade e pelo recém-inaugurado Centro Cultural de Viana do Castelo, seguindo na direção do famoso Navio Hospital Gil Eannes.


Navio Hospital Gil Eannes

Aqui podemos disfrutar de um navio que em tempo auxiliou as embarcações de bacalhoeiros que laboravam no norte da Europa. Com isto, regressamos à Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, cortando na rua Manuel Espregueira, seguindo na direção do Museu de Artes Decorativas.


Museu de Artes Decorativas

Após a visita ao referido museu, o qual possui uma mais significativas coleções de faiança das  existente em Portugal, regressamos pela mesma rua, na direção do nosso ponto de partida. Aqui, atravessando a linha férrea, deparando-nos com o Funicular de Santa Luzia (viagem de funicular mais longa de todo o país). Subimos o Monte de Santa Luzia, apreciando a paisagem, composta pelo Rio Lima, o Oceano Atlântico e as montanhas. Chegados ao topo conheça o belo Templo-Monumento de Santa Luzia, cartão-de-visita da cidade.


Templo Monumento de Santa Luzia

Aqui temos uma das mais belas paisagens do mundo. Terminada a visita ao Templo, descemos novamente no Funicular, regressando ao ponto de partida, onde o Manel e Maria continuam, ilustrativamente, a desempenhar o papel do folclore.


Vista panorâmica do Monte de Santa Luzia


Ficheiro KML
Para visualizar este ficheiro deverá ter instalado o Google Earth. Para instalar clique aqui

Para saber mais sobre os Monumentos de Viana do Castelo Clique aqui

Roteiro Arqueológico

Possuindo condições naturais privilegiadas, com um subsolo rico em matérias-primas e abundância de terrenos férteis e bem irrigados, a área geográfica abrangida pelo Concelho de Viana do Castelo foi desde muito cedo palco de uma intensa ocupação humana que ao longo de milénios foi moldando a sua paisagem.

Frequentada na Pré-História por grupos de nómadas de caçadores-recoletores, a região vianense assistiu à progressiva sedentarização das primeiras comunidades agro-pastoris do Neolítico e à hierarquização social que acompanhou a descoberta da metalurgia.

Na Idade do Ferro, viu os seus montes polvilharem-se de povoados fortificados e já no início deste milénio, sentiu as profundas alterações produzidas pelo processo de romanização da Península. Foi testemunha ativa do declínio do Império Romano e da progressiva "barbarização" da Europa que marcou o início da Idade Média. Acolheu Suevos e Visigodos, resistiu às contrariedades das incursões árabes e desempenhou um papel fundamental durante a reconquista cristã, verdadeiro cadinho responsável pelo nascimento dos novos reinos peninsulares. Depois da independência, esteve sempre presente nos grandes momentos da nossa História, tendo participado de uma forma intensa e efetiva nessa verdadeira aventura coletiva dos portugueses que foi a Expansão.

Desses tempos e dessas gentes, foi ficando um vasto e riquíssimo património histórico-arqueológico que a poeira dos séculos se encarregou e preservar. Protegê-lo é uma obrigação coletiva.

Roteiro Arqueológico (download pdf)
Mapa dos Sítios Arqueológicos (download pdf)

Locais a visitar

Casa de João o Velho ou dos Arcos (Santa Maria Maior)
Arquitetura Civil Gótica - Baixa Idade Média
GPS: 41°41'36.52"N - 8°49'38.16"W

Casa dos Nichos (Santa Maria Maior)
Arquitetura Civil – Idade Média
GPS: 41°41'30.14"N - 8°49’40.68"W

Castelo do Monte do Castelo (Castelo do Neiva)
Castelo Roqueiro – Idade Média
GPS: 41°36’49,87” N – 8°47’06,01”W

 

Castro de Moldes (Castelo do Neiva)
Povoado Fortificado – Idade do Ferro / Romano
GPS: 41°36’54.07”N – 8°47’12,04”W

 

Citânia de Santa Luzia (Areosa / Santa Maria Maior)
Povoado Fortificado – Idade do Ferro / Romano
GPS: 41°42’21.32”N – 8°50’5.84”W

Castro de S. Silvestre (Cardielos)
Povoado Fortificado – Idade do Ferro / Romano
GPS: 41°43'16.86"N - 8°44'43.50"W

 

Cividade de Afife (Afife)

Povoado Fortificado – Idade do Ferro / Romano
GPS: 41°47'11.30"N - 8°51'12.27"W

Convento de São Francisco do Monte (Santa Maria Maior)
Arquitetura Religiosa – Idade Média
GPS: 41°42'59.72"N - 8°49’32.35"W

Dólmen da Pedreira (S. Romão do Neiva)
Monumento Funerário – Calcolítico
GPS: 41°38'04.88"N - 8°46'19.98"W

Fornos Telheiros (Alvarães)
Arquitetura Civil – Idade Média / Idade Moderna
GPS: 41°37'37.12" N - 8°45'10.62"W

Fonte do Mergulho da Abelheira (Santa Maria Maior)
Fonte de abastecimento de água - Baixa Idade Média/Idade do Moderna
GPS: 41°42'16.62"N - 8°49'16.61"W

Forte de Santiago da Barra (Monserrate)
Arquitetura Militar – Idade Moderna
GPS: 41°41'20.76"N - 8°50'11.77"W

Fortim de Paçô (Carreço) e Fortim da Vinha (Areosa)
Arquitetura Militar – Idade Moderna
GPS: 41°45'31.89"N - 8°52'35.22"W / GPS: 41°45'31.89"N - 8°52'35.22"W

Gravuras Rupestres de Carreço (Carreço)
Arte Rupestre - Idade do Bronze / Idade do Ferro
Fornelos - GPS: 41º 44’49,44’’N - 8º52’38,13’’W
Fraga da Bica - GPS: 41º 44’57,69’’N - 8º52’25,81’’W
Pedra do Sol – GPS: 41º 45’17,14’’N – 8º52’43,34’’W

Hospital Velho (Santa Maria Maior)
Arquitetura Civil de influência Manuelina – Idade Média / Idade Moderna
GPS: 41°41'32.85"N - 8°49'41.44"W

Igreja das Almas (Santa Maria Maior)
Vestígios Arqueológicos - Idade Média / Idade Moderna
GPS: 41°44'46.84"N - 8°52'37.47"W

Igreja Matriz (Sé Catedral) de Viana do Castelo (Santa Maria Maior)
Arquitetura Religiosa Gótica – Idade Média / Idade Moderna
GPS: 41°41'35.95"N - 8°49'38.06"W

Igreja Paroquial de Sta. Leocádia de Geraz do Lima (Santa Leocádia de Geraz do Lima)
Vestígios Arqueológicos Românicos – Idade Média
GPS: 41°42'13.00"N - 8°40'14.55"W

Igreja Paroquial de Sta. Maria de Geraz do Lima (Santa Maria de Geraz do Lima)
Vestígios Arqueológicos – Romano / Idade Média
GPS: 41°42'13.00"N - 8°40'14.55"W

Igreja de São Cláudio (Nogueira)
Arquitetura Religiosa Românica – Idade Média
GPS: 41°43’48.02”N - 8°43’30.93”W

Moinhos de Vento de Montedor (Carreço)
Arquitetura Civil – Idade Contemporânea
GPS: 41°44'56.13"N - 8°52'32.62"W

Pias Salineiras de Fornelos (Carreço)
Núcleo de pias saleiras cavadas na rocha – Idade do Ferro / Romano
GPS: 41°44'46.84"N - 8°52'37.47"W

Ponte de Tourim (Amonde)
Ponte em cavalete de um arco – Idade Média
GPS: 41°47’45.01”N – 8°46’3.24”W

Ponte do Arco (Perre)
Ponte em Cavalete com três arcos – Baixa Idade Média
GPS: 41°42'50.57"N - 8°47'20.68"W

Torre da Roqueta (Monserrate)
Arquitetura Militar – Baixa Idade Média / Idade Moderna
GPS: 41°41'14,16"N - 8°50'17.77"W

 

 

Rota da Arquitetura Contemporânea

A arquitetura contemporânea está presente em Viana do Castelo com um conjunto de edifícios da autoria de arquitetos de renome, dois deles galardoados com o Prémio Pritzke: Siza Vieira que desenhou a Biblioteca Municipal e Eduardo Souto Moura que projetou o Centro Cultural.


Biblioteca Municipal de Viana do Castelo

Centro Cultural de Viana do Castelo

Ambos os edifícios integram o Plano da Marginal de Viana, da autoria de Fernando Távora. Ainda nesta frente ribeirinha e nas proximidades destes edifícios, Bernardo Távora desenhou o Posto de Turismo e o arquiteto Fernando Távora foi o responsável pelo desenho da Praça da Liberdade e dos dois edifícios de comércio e serviço que a delimitam.


Posto de Turismo - Viana Welcome Center

A juntar a estes nomes de referir os arquitetos Carrilho da Graça, autor da Pousada da Juventude de Viana do Castelo, Paula Santos, com o desenho do Quarteirão Residencial e de Comércio Vianapolis e Jorge Sodré de Albuquerque autor do Hotel AXIS Viana.


Hotel Axis Viana



Ficheiro KML
Para visualizar este ficheiro deverá ter instalado o Google Earth. Para instalar clique aqui

Para fazer o download da Brochura Clique aqui

Roteiro Religioso

A religião é algo que move milhões de pessoas por todo o mundo. Desde sempre a região do norte de Portugal se caraterizou por uma comunidade extremamente ligada à religião, mais concretamente ao Cristianismo. Por esta razão, estão localizados acima do rio Douro, vários elementos de elevado caráter arquitetónico, ligados à fé cristã. No caso mais concreto de Viana do Castelo, cidade localizada no Alto Minho, a existência de igrejas e santuários é um marco assinalável.

Este roteiro tem a duração aproximada de 1h30min. e deve ser feito a pé ou de bicicleta, de forma a facilitar o acesso a diversos locais, evitando problemas de estacionamento. 

Início do itinerário será na Praça da Liberdade, praça emblemática da cidade de Viana do Castelo. A partir daqui, seguimos pela esquerda, sempre com o Rio Lima ao nosso lado, passando pelo monumental Navio Hospital Gil Eannes. Adiante temos do nosso lado direito, a primeira capela deste roteiro, a capela de Nª Sra. das Candeias. Este pequeno edifício, remonta ao século XVII, é dedicado ao patrono dos alfaiates e apresenta traços manuelinos. Após esta primeira paragem, seguimos pela Avenida João Alves Cerqueira, em direção a uma das mais emblemáticas igrejas de Viana do Castelo. Esta situa-se no Campo da Agonia, um espaço amplo onde se pode disfrutar de toda a grandeza deste monumento: Igreja de Nª Sra. d’Agonia.


Igreja de Nª Srª d'Agonia

Este edifício, datado do século XVIII, reproduz nos sete altares os passos da via-sacra que lhe deu origem, mantendo a torre traseira deslocada do corpo do edifício para não impedir as voltas da romagem. É aqui que, na semana das Festas d’Agonia, acudem milhares de turistas, para assistir à procissão. Após esta visita, seguimos o caminho em direção ao Largo de S. Domingos, local onde está a Igreja de S. Domingos (Igreja Paroquial de Monserrate).


Igreja de S. Domingos

Este monumento, de elevado valor arquitetónico, provém do século XV, tendo origem no convento de Sta. Cruz, fundado pelo Dominicano D. Frei Bartolomeu dos Mártires, o Arcebispo Santo. Terminada a visita a este local, seguimos pela rua Manuel Espregueira, subindo na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, em direção à Praça da República. A partir daqui segue-se pela Rua Sacadura Cabral, uma rua pedonal e comercial que inicialmente é larga e que vai estreitando. Adiante, deparamo-nos com um templo de elevado valor arquitetónico, a Sé Catedral (Igreja Matriz). Este templo, classificado como imóvel de interesse público, data do século XV e apresenta características do românico em transição para o gótico. 


Sé Catedral

Depois desta visita, podemos seguir pela rua de S. Pedro. Antes de seguir pela rua dos Caleiros, observe à sua esquerda a Capela das Malheiras, um dos melhores exemplares da arquitetura rococó portuguesa (século XVIII).


Capela das Malheiras

Seguindo até ao fim da rua dos Caleiros, visualizamos desde logo a Igreja das Almas, primeira Igreja Matriz de Viana, edifício construído no século XIII. Esta denominação deve-se ao facto de ser aqui que eram enterradas as pessoas desde o tempo de D. Afonso III até finais do século XIX.


Igreja das Almas

Concluída aqui a visita, começamo-nos a dirigir em direção ao templo mais carismático da cidade, o Templo Monumento do Sagrado Coração de Jesus, também conhecido por Basílica de Santa Luzia. Para que o turista/visitante tenha uma perceção da beleza da cidade, que agrega 3 elementos naturais (mar, rio e montanha), compilando desta forma uma imagem única no mundo, deve subir o monte de Santa Luzia através do funicular com o mesmo nome. O preço é de 3€ (ida e volta). Quando chegamos ao topo, temos de um lado o majestoso templo,  edifício do século XX, do outro, uma paisagem caracterizada por uma beleza extraordinária. Chegamos ao fim do percurso.


Templo Monumento do Sagrado Coração de Jesus (Santa Luzia)




Ficheiro KML
Para visualizar este ficheiro deverá ter instalado o Google Earth. Para instalar clique aqui

Roteiro Doçaria Tradicional

Este roteiro destina-se a servir os mais gulosos que não dispensam uma visita às pastelarias típicas de cada região por onde passam. Desde as famosas empadas de pato, passando pelos manjericos até às bolas de Berlim, terminando nos chocolates AVianense, quem vem não sairá de Viana do Castelo defraudado.
Viana do Castelo, tal como muitas outras cidades, dispõe de um vasto leque de locais onde se podem saborear doces de elevada qualidade. Exibiremos um roteiro com algumas pastelarias famosas, cabendo ao turista/visitante escolher de entre elas qual a que melhor satisfaz os seus desejos.

Pastelaria Manuel Natário
Morada: Rua Manuel Espregueira, 37 – Viana do Castelo
Tel:258822376
Especialidades:
• Meias Luas
• Biscoitos de Viana
• Sidónios
• Torta de Viana
• Pão-de-Ló
• Bolo Rei
• Rebuçados do Senhor dos Passos e da Paixão
• Bolas de Berlim
• Doces de Gema
• Manjericos
• Bolas de Berlim
• Bolos de Bacalhau, croquetes, rissóis, empadas e frigideiras

Pastelaria Zé Natário
Morada: Av. Dos Combatentes da Grande Guerra, 19 – Viana do Castelo
Tel: 258826856
Especialidades:
• Torta de Viana
• Sidónios
• Pão-de-ló
• Bolo Rei
• Doces de Gema
• Manjericos
• A princesa do lima
• Folhados


Pastelaria Brasileira
Morada: Rua Sacadura Cabral, 23 – Viana do Castelo
Tel:258822637
Especialidades:
• Sidónios
• Torta de Viana
• Pão-de-ló
• Bolo-rei
• Doces de Gema
• Massapães
• Manjericos
• Rebuçados do Senhor dos Passos ou da Paixão
• Chocolates variados
• Folhados

Pastelaria Picotinha
Morada: Rua da Picota, 138 – Viana do Castelo
Tel:258824469
Especialidades:
• Pão-de-Ló
• Bolo-rei
• Doces de Gema / Húngaros
• Torta de Viana
• Manjericos e barquinhos
• Bolos de bacalhau, croquetes e folhados


Pastelaria Jardim
Morada: Rua João Tomás da Costa, 15 – Viana do Castelo
Tel:258847609
Especialidades:
• Pão-de-ló
• Ninho de Páscoa
• Beijinhos
• Rebuçados
• Bolo-rei
• Tronco de Natal
• Bolas de Berlim de chocolate
• Doce de Gema

Padarias Cais Novo
Morada: Avenida Rosalia de Castro, 88, Loja E - Viana do Castelo
Tel:258 811 420
Especialidades:
• Pão-de-ló
• Bolo-rei
• Bolo Rei de Chocolate
• Ninhos de Páscoa
• Torta de Viana
• Massapães
• Torta de fios de ovos
• Bolos de Gema

Pastelaria Ameadella
Morada: Rua Santa Cristina, 200 – Meadela/Abelheira
Tel:258842510/258845666
Especialidades:
• Bolo chocolate crocante
• Croissant de brioche
• Torta de Viana
• Doce de gema coberto com chocolate branco
• Massapães
• Biscoitos de canela e de limão
• Diversas especialidades de pão (Ex: pão da aldeia e regueifa);


Pastelaria Bela Doce 
Morada: Av. Rocha Paris, 194 – Viana do Castelo 
Tel:258824707
Especialidades:
• Doce Húngaro
• Jesuítas
• Torta de Viana
• Bola folhado
• Manjericos
• Diversos salgadinhos (Ex. empadas de carne e pão com chouriço).


Pastelaria Dantas
Morada: Rua Manuel Espregueira 267/269 – Viana do Castelo
Tel:258822692
Especialidades:
• Jesuítas
• Manjericos
• Torta de Viana
• Charuto de ovos

Padaria e Pastelaria Ribeirinha
Morada: Rua Frei Bartolomeu dos Mártires, 163 – Viana do Castelo
Tel: 968 752 992
Especialidades:
• Doce de gema
• Tortinha
• Doce húngaro
• Doce coberto de amêndoa
• Massapães


Pastelaria Caravela
Morada: Praça da República, 58/62 – Viana do Castelo
Tel:258325261
Especialidades:
• Manjericos
• Violetas
• Croissants com creme
• Torta de Viana
• Tarte de ovos moles
• Jesuítas


Pastelaria Verdi
Morada: Passeio das Mordomas da Romaria, 30 – Viana do Castelo
Tel:258325261
Especialidades:
• Manjericos
• Violetas
• Croissants com creme
• Torta de Viana
• Tarte de ovos moles
• Jesuítas


Pastelaria S. Domingos 
Morada: Largo S. Domingos – Viana do Castelo
Tel: 
Especialidades:


Pastelaria Vândome
Morada: Praça Primeiro de Maio, 58 – Viana do Castelo
Tel:258827266
Especialidades:
• Eclairs (típico francês)
• Doce de ovos
• Torta de Viana
• Jesuítas

Pastelaria Flor
Morada: Avenida 25 de abril - Viana do Castelo
Tel: 258 777 080
Especialidades:
• Pão-de-ló
• Bolo Rei
• Torta de Viana
• Sidónios
• Doces de Gema
• Manjericos e doce de ovos
• Massapães


Pastelaria Olimpia
Morada: Rua Grande, 79 - Viana do Castelo 
Tel:258823290
Especialidades:
• Torta de Viana
• Pão-de-ló
• Manjericos e doce de ovos
• Doces de gema
• Bolo Rei

Padaria Brazil
Morada: Largo 5 de Outubro 67/69
Tel: 258 823 990
Especialidades:
• Pão-de- ló húmido
• Regueifa decorada
• Folar da Páscoa de ovos e folar c/ carne


Padaria Vianense
Morada: Rua Góis Pinto, 47 - Viana do Castelo
Tel: 258 826 696
Especialidades:
• Pão de ló
• Pão de ló de Ovar
• Bolo Rei
• Tortas
• Doces de Gema e peras
• Massapães
• Pão enfeitado
• Biscoitos, línguas e palmieres
• Bombons de chocolate
• Brigadeiros
• Miniaturas de bolos

Petinga Doce
Morada: Av. Combatentes grande guerra, 212 - Viana do Castelo
Tel: 258 401 046 | 965 369 825
Especialidades:
• Petinga Doce
• Sidónios
• Mokas
• Caminhenses
• Pão-de-Ló Virado 
• Pão-de-Ló da Avó Lúcia
• Bolo Rei

Doce Giesta
Morada: Rua Armando Almeida Fernandes, nº 20 Bloco A-r/c-D - Viana do Castelo
Tel: 258 845 279 
Especialidades:
• Fatias de Semi-frio
• Torradas
• Brasileiras
• Doce Húngaro 
• Bolo de Arroz

Leitaria do Carmos
Morada: Rua da Bandeira, 325/7 - Viana do Castelo
Tel: 258 823 343 
Especialidades:
• Jesuítas


Ficheiro KML

Para visualizar este ficheiro deverá ter instalado o Google Earth. Para instalar clique aqui

Roteiros dos Petiscos

Roteiro gastronómico que inclui diversos estabelecimentos de restauração da cidade de Viana do Castelo, no qual estão identificadas as paragens deste Roteiro e a respetivas sugestões de ementa. Esta será uma oportunidade para descobrir as famosas iguarias gastronómicas vianenses e desvendar recantos esquecidos da cidade.

Rota do Artesanato

Todo este cenário inconfundível, pela singularidade da sua panorâmica: a cidade, o rio e o mar, deixa-nos cheios de lembranças inesquecíveis. E não se parte de Viana do Castelo sem ir a uma loja ou feira para levar uma peça de artesanato, seja uma toalha bordada, uma peça de ourivesaria em filigrana ou a famosa louça de Viana com a certeza de voltar.

                                       

Caixa com bordado regional                                     Bordado e louça regional de Viana

 

 

Socas regionais               

                                                                                    Palmito

 

                                     

Trabalho em vime                                                        Lenços regionais vianenses

 

Peça decorativa da louça regional de Viana 

 

 

Roteiro dos Jardins de Viana do Castelo

Este roteiro através dos principais jardins e espaços verdes da cidade de Viana do Castelo foi concebido para enquadrar uma visita livre ou guiada por técnico municipal especializado. Trata-se de um convite para quem gosta de observar e conhecer melhor a cidade e os seus jardins e espaços verdes mais emblemáticos, de apreciar a sazonalidade das plantas de flor, um relvado extenso e informal ou a grandiosidade das árvores que encerram história e beleza.

rj

(
Download pdf)

Roteiro Jardins e Espaços Verdes

(Download pdf)



Roteiro das Praias

Viana do Castelo tem uma orla costeira com cerca de 26 quilómetros, onde se pode usufruir de uma rara beleza natural e de extensos areais. A qualidade ambiental das praias valeu a atribuição de galardões como “Dourada”, “Bandeira Azul” e “Acessível” a várias praias de Viana do Castelo. Se, por um lado, são muito procuradas para uso balnear, por outro lado, são também muitos os que nelas praticam desportos como o surf, o bodyboard, o windsurf e o kitesurf.

O rio Lima proporciona ainda a prática de outros desportos como o jet-ski, a vela, o remo, a canoagem, a pesca ou simplesmente um passeio de barco, com partida da Marina.



Para mais informações sobre as Praias existentes em Viana do Castelo Clique aqui

Rota dos Gigantes do Vale do Lima

A Rota dos Gigantes do Vale do Lima percorre os 4 municípios do Vale do Lima, Ponte da Barca (o Navegador)Ponte de Lima (O Santo)Viana do Castelo (o Descobridor) e Arcos de Valdevez (o Inventor), revisitando os locais de onde procedem 4 ilustres da História universal que projectaram Portugal nos 4 Continentes:

 

O Navegador – Fernão de Magalhães - Comandou a 1ª viagem de circum-navegação do planeta, provando que a Terra é redonda
O Santo – Beato Francisco Pacheco - Mensageiro da Companhia de Jesus, foi dos primeiros missionários jesuítas na Asia e mártir no Japão
O Descobridor – João Alvares Fagundes - Descobriu a Terra Nova no Atlântico Norte, importante zona de pesca do bacalhau
O Inventor – Padre Himalaya – foi o percursor das energias renováveis, inventou a Himalaite e participou na Exposição Universal St. Louis – USA

 

Mais informações em: 
http://www.valedolima.com/PT/gigantes.html


EM VIANA DO CASTELO
O DESCOBRIDOR: JOÃO ÁLVARES FAGUNDES

João Álvares Fagundes, Vianense que ficou conhecido como um dos primeiros exploradores da Terra Nova, no Atlântico Norte. Pertencente a uma família de proprietários fundiários, com destacados membros da hierarquia eclesiástica da região, J. A. Fagundes era de condição nobre e foi cavaleiro da Casa Real e vereador municipal em Viana do Castelo. Em data imprecisa, mas antes de 1521, realizou uma viagem ao Atlântico Norte que lhe valeu carta régia de D. Manuel, datada de 13 de Março de 1521, concedendo-lhe a capitania das terras que «à sua própria custa e despesa» descobrira: «a terra que se diz ser de terra firme que é desde a demarcação de Castela (...) até vir partir com a terra que os Cortes Reais descobriram», «as três ilhas na baía da Aguada», «as ilhas a que ele pôs nome Fagundas (...) S. João, S. Pedro, Santa Ana e Santo António», as ilhas dos arquipélagos de S. Pantalão (com a ilha de Petigoem) e das Onze Mil Virgens, e ainda a ilha de Santa Cruz e uma outra também designada Santa Ana «que foi vista e não apadroada». Os vários estudos feitos para reconstituir o itinerário seguido por J. A. Fagundes, baseados em dados cartográficos e na relação entre o calendário litúrgico e a toponímia das ilhas e grupos insulares referidos na carta régia, apontam para que ele tenha explorado o sul da costa da Terra Nova e toda a área do golfo de S. Lourenço. Unanimemente se reconhece que esta viagem assegurou a Portugal os direitos sobre importante zona de pesca do bacalhau. 

Pensa-se que J. A. Fagundes não voltou às terras de que era capitão; no entanto, é bem provável que, com sua autorização, segunda expedição tenha partido de Viana. Nesse sentido aponta o testemunho de Francisco de Sousa, um seu descendente, autor do Tratado da Ilhas Novas, escrito em 1570: «Haverá 45 anos ou 50 que, de Viana, se ajuntaram certos homens fidalgos e, pela informação que tiveram da Terra Nova do Bacalhau, se determinaram a ir povoar alguma parte dela, como de facto foram em uma nau e uma caravela, e, por acharem a terra muito fria donde iam determinados, correram para a costa Leste Oeste até darem na de Nordeste Sudoeste e aí habitaram (...) e isto é no cabo Britão, logo na entrada da costa, que corre ao Norte em uma formosa baía, donde tem grande povoação e há na terra cousas de muito preço». A povoação em causa situar-se-ia, segundo alguns investigadores, na baía de Fundy e, segundo outros, na ilha de Cape Breton. 

Maria Augusta Lima da Cruz

 

JOÃO ÁLVARES FAGUNDES – O Capitão da Terra Nova

“Capitão da Terra Nova e descobridor das Ilhas do Bacalhau”
João Álvares Fagundes, era natural de Viana, filho de Álvaro Anes Fagundes, e deve ter nascido aí por 1470, em plena época dos descobrimentos. 
A Viagem de João Álvares Fagundes, de que há conhecimento certo, “deve ter sido realizada de Abril a Outubro de 1520” (data referida no pedestal da sua estátua existente em Viana do Castelo, junto ao Rio Lima).
“… morreu seguramente antes de 1527…”
“… jaz sepultado na Igreja Matriz de Viana do Castelo, na Capela de Santo Cristo. Na mesma igreja, na Capela dos Fagundes, estão as sepulturas de seu neto D. Cosme de Sousa e do pai deste D. João de Sousa.”
“Por sua morte, D. João III, por alvará régio de 9 de Setembro de 1527, deu fôro de nobreza e carta de brasão a seu sobrinho Pêro Pinto em quem honrava os feitos marítimos de seu tio, João Álvares Fagundes.”
“Fagundes teve uma parte na exploração da costa da América Britânica muito maior do que até aqui tem sido admitido ou apreciado,…”

Câmara Municipal de Viana do Castelo

Bibliografia:

Coutinho, Pedro Magalhães Abreu, "Fagundes e a Descoberta do Canadá", Edição do Autor, Dezembro 2000, Ponte de Lima.

Araújo, José Rosa de, "Quem era João Álvares Fagundes", in Actas do Congresso Internacional Bartolomeu Dias e a sua Época, vol. II, Porto: Universidade do Porto - CNCDP, 1989, 363-368.

Webgrafia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Jo%C3%A3o_%C3%81lvares_Fagundes

http://maolmar.blogs.sapo.pt/38427.html

http://www.valedolima.com/PT/vianadocastelo.html

http://pelosconfinsdomundo.blogspot.pt/2010/07/vianaterra-de-marinheiros.html