Página Inicial > Áreas de Ação > Projetos Financiados > Portugal 2020 > POSEUR 2020

POSEUR 2020

POSEUR-03-2215-FC-000027 | Escola da Natureza

Designação: Escola da Natureza

Custo Total Elegivel: 193 680,82 €

Comparticipação FEDER: 164 628,70 €

O Projeto ESCOLA DA NATUREZA pretende desenvolver ferramentas de trabalho direcionadas à comunidade jovem e escolar, estruturadas com o objetivo de fomentar o respeito e valorização da biodiversidade associada aos valores naturais de áreas classificadas. Todas as ferramentas de trabalho a conceber funcionam independentes entre si, mas se utilizadas em conjunto complementam-se. No âmbito do presente projeto destaca-se ainda a possibilidade de promover intercâmbio entre grupos escolares de diferentes concelhos permitindo um trabalho em rede que promova o contacto de alunos de áreas geográficas do interior (ecossistemas essencialmente montanhosos e ripícolas) com ecossistemas litorais e estuarinos e vice-versa.

Os objetivos da candidatura são consubstanciados pelas seguintes ações: Desenvolvimento de atelieres científicos interativos direcionados às principais características e valores naturais dos habitats e espécies dos sítios Rede Natura 2000 que abrangem o Município de Viana do Castelo – Sítio Rio Lima, Sítio Litoral Norte e Sítio Serra D’Arga.

POSEUR-02-1810-FC-000076 | Reforço da Instalação da Rede de Defesa da Floresta Contra Incêndios - Municipio de Viana do Castelo

Designação: Reforço da Instalação da Rede de Defesa da Floresta Contra Incêndios - Municipio de Viana do Castelo

Custo Total Elegivel: 378 162,45 €

Comparticipação FEDER: 321 438,08 €

A operação, visa a instalação da Rede Primária da Faixa de Gestão de Combustíveis (FGC), a realização de FGC secundária, nomeadamente a de proteção à rede viária de acesso à Rede Primária e por fim, a adaptação da rede viária existente e de acesso a pontos de água de primeira ordem para a Serra da Padela, e para a Serra de Santa Luzia, visa, concretizar a adaptação da rede viária existente e de acesso a pontos de água de primeira ordem. Pretende-se com esta operação contribuir para:

- Diminuir a superfície percorrida pelos grandes incêndios permitindo e facilitando uma intervenção direta de combate ao fogo;

- Reduzir os efeitos de passagem dos grandes incêndios, protegendo de forma passiva vias de comunicação;

- Isolar os focos potenciais de ignição de incêndios;

-Operacionalizar o apoio ao combate, nomeadamente ao nível da rede viária florestal de acesso aos pontos de água de 1ª ordem de forma a facilitar o reabastecimento de água entre viaturas.