Página Inicial > Notícias > Viana do...do Castelo

Viana do Castelo recebeu Delegações da World Surf Cities em Viana do Castelo

18 Outubro 2016

As delegações dos dez países que compõe a World Surf Cities Network, à qual Viana do Castelo se juntou em 2014, estiveram em Viana do Castelo para conhecer a realidade desta modalidade no concelho. Durante a estadia, decorreu uma reunião da assembleia das cidades aderentes e a cidade brasileira de Santos ofereceu ao Surf Clube de Viana duas pranchas de surf para pessoas com deficiência.

As duas pranchas, uma destinada especificamente a cegos e a outra é multifuncional, para diferentes tipos de deficiência, foram oferecidos pela Escola Radical de Surf, em Santos e integram um projeto reconhecido pela rede, cujas delegações estiveram em Viana do Castelo para conhecer a realidade local, no âmbito do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Município no Centro de Alto Rendimento de Surf e com o Surf Clube de Viana para promoção deste desporto náutico.

De lembrar que a World Surf Cities Network, uma entidade que visa promover o surf como sector económico em todas as suas vertentes, indústria, turismo e desporto. A World Surf Cities, é composta pelas cidades de Viana do Castelo, Gold Coast e Newcastle (Austrália), Santos (Brasil), Arica (Chile), San Sebastian e Las Palmas (Espanha), Ericeira (Portugal), Durban (África do Sul), New Plymouth (Nova Zelândia) e tem por objetivos aumentar a atratividade turística das cidades e internacionalizar marcas de surf, de produtos e de serviços, promover o desenvolvimento de Surf Cities e melhorar o posicionamento de cada cidade no cenário internacional.

Esta adesão integra o objetivo definido no âmbito do projeto Centro de Mar que pretende transformar Viana do Castelo em Cidade Náutica do Atlântico e, na sequência desta política, a Câmara Municipal integrou também uma candidatura ao SurfingEurope para definir e promover um produto surf turismo transnacional sustentável, fornecendo uma ampla visibilidade do produto e sua aceitação pelo mercado, e para criar um melhor posicionamento da Europa como um destino surf turismo, inovador e de qualidade, tornando-se uma referência mundial.

Assim e juntamente com o Fomento de San Sebastian, Nautisme en Bretagne, Ribamontan al Mar, Surfing Great Britain, Discover Bundoron e parceiros privados como Itxalehor, Nere e GoBasquing, a edilidade e o Surf Clube de Viana apresentaram uma candidatura para aumentar a circulação de turistas de surf ao longo da costa do Atlântico Europeu (espera-se um aumento de 10% de turistas); moldar a oferta de surf, de forma sustentável, o aumento do emprego (aumento de 5%) e desenvolvimento de empresas no setor, beneficiando a economia local, prevendo um aumento do volume de negócios de surf em 20%; e valorizar praias de surf e as ondas como recursos para as comunidades locais para o seu valor económico, social e natural.


Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo