Página Inicial > Notícias > Viana do...do turismo

Viana do Castelo promoveu 2º MEETUP para profissionais do setor do turismo

23 Novembro 2022

A Câmara Municipal de Viana do Castelo promoveu o segundo MEETUP - Encontro para profissionais do setor turístico, dedicado ao tema “Viana Um Olhar para o Futuro – Meetup final de época alta 2022”. O evento, realizado em parceria com a Associação Fórum Turismo, aconteceu no âmbito da Rede Municipal de Turismo de Viana do Castelo e reuniu profissionais de cerca de 35 empresas na Sala Couto Viana da Biblioteca Municipal de Viana do Castelo.


O encontro arrancou com uma intervenção do Vice-Presidente da Câmara Municipal, Manuel Vitorino, que apresentou um balanço do setor do turismo no concelho durante a época alta de 2022, numa comparação com o período homólogo de 2019, considerado o melhor ano de sempre nos registos turísticos. Os dados apresentados mostram que há sinais de que o setor está numa fase de retoma. De maio a agosto deste ano, segundo indicadores disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em Viana do Castelo o número total de dormidas e hóspedes aumentou, respetivamente, 17% e 16%.


Nesse período, os proveitos totais tiveram um acréscimo de 20% relativamente a 2019. Neste período de pós-pandemia, Viana do Castelo registou 58% de estrangeiros e 42% de nacionais. Registou-se um aumento generalizado de hóspedes, sobretudo de Portugal (20%), Espanha (21%), Alemanha (16%) e EUA (42%).


Quanto ao número de peregrinos no Caminho Português da Costa, foi assinalado um acréscimo de 37%. Verificou-se ainda um aumento do investimento da iniciativa privada, representando um crescimento da oferta turística do Município (novos Alojamento Locais, Empreendimentos Turísticos, Restaurantes, Empresas de Animação turística, Operadores Marítimo Turísticos e Agentes de Viagens e Turismo).


Neste MEETUP marcou também presença o Vice-Presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte, Inácio Ribeiro, que abordou o desempenho da região na retoma turística, comparando os números de janeiro a setembro de 2022 com o período homólogo de 2019, posicionando-se a região Norte na terceira posição do ranking, com +6,1% no total de dormidas (8.9 milhões), sendo que de Residentes registaram-se +10,6% (3,7 milhões) e de Não-residentes +3,2 % (5.2 milhões).


No que se refere a Hóspedes, a região Norte está na segunda posição, com +2,4% (4,6 milhões). Em termos de Proveitos Totais registou-se um acréscimo de 18,8% (correspondente a 596,1 milhões €). Os mercados que apresentaram sinais de crescimento no período indicado são: Espanha (22%), França (13%), E.U.A. (9,9%), Alemanha (7,9%), Reino Unido (6,8%), Brasil (6,7%), Itália (4,5%), Países Baixos (3,5) e Bélgica (2,1%).


Para o representante da ETPN, estes números são demonstrativos da grande atratividade do destino Porto e Norte e da boa imagem internacional da região. Referiu, no entanto, o problema da falta de mão de obra no turismo, uma das principais dificuldades assumidas pelos empresários do setor.


Marcando presença online, o Presidente do IPDT - Instituto de Planeamento e desenvolvimento turístico, António Jorge Costa, fez uma abordagem alargada sobre o balanço turístico no território nacional, destacando os grandes desafios a enfrentar no turismo, como as questões relacionadas com a sustentabilidade; a importância dos Recursos Humanos, da sua capacitação e valorização; a importância da promoção internacional do destino; e a importância da forte aposta na Transição Digital e Inovação Tecnológica.


Terminou com a referência às três grandes tendências do turismo: aumento da procura por transportes alternativos, nomeadamente a ferrovia; a componente da “reenergização” das pessoas (viagens para sair da rotina, recuperar forças e energias, o bem-estar pessoal); o Turismo Interno, que foi muito importante no período de pandemia.


A sessão terminou com uma apresentação do administrador da Grupo Valor do Tempo, Tiago Quaresma, sobre “O que posso fazer diferente com os mesmos recursos”, que defendeu a importância da profissionalização dos colaboradores, a aposta no monoproduto, em produtos únicos e especiais, a importância de trabalhar com produtos certificados que dão garantia de qualidade e confiança ao cliente, a importância da localização dos estabelecimentos, da sua decoração, a relevância da história que é contada associada aos produtos (storytelling), a importância do efeito instagramer instantâneo através da aposta nas redes sociais.


Em 2023, a Rede Municipal de Turismo em 2023 vai promover diversas iniciativas, que integram a participação em Feiras de Turismo; organização de Fam Trips e Press Trips; ações de promoção nas Comunidades Portuguesas no Mundo; aposta na qualificação de profissionais com o programa Formação + Próxima | Selo Destino de Qualidade e maior investimento na comunicação digital.


A Rede Municipal de Turismo de Viana do Castelo foi constituída a 19 de fevereiro de 2020, tendo por base um acordo de cooperação interinstitucional celebrado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, a Entidade Regional de Turismo Porto e Norte, a Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo, o Instituto Politécnico de Viana do Castelo, a Associação Empresarial de Viana do Castelo e a Associação Fórum Turismo, para a dinamização do setor.