Página Inicial > Notícias > Viana do...reabilitação

Viana do Castelo promove estratégia para plantação de 115 mil árvores autóctones nas áreas ardidas e a precisar de reabilitação

08 Março 2019

A Câmara Municipal de Viana do Castelo está a promover uma estratégia para a plantação de 115 mil árvores autóctones nas áreas ardidas e em áreas a precisar de reabilitação. O Município vai realizar, ao longo do ano, a plantação de árvores numa extensão de 100 hectares, plantando espécies como o freixo, carvalho, pinheiro, que vão substituir infestantes e recuperar áreas ardidas. Assim, serão promovidas um total de cinco plantações, que vão contar com a colaboração de associações, estudantes e comunidade em geral.


Esta plantação faz parte da programação do Ano Municipal para a Recuperação da Floresta Nativa Portuguesa, que o Município está a assinalar com mais de duas dezenas de atividades.


Entre os dias 18 e 22 de março, o Município vai oferecer árvores aos munícipes, numa atividade que pretende promover a importância da preservação da floresta nativa.


A 21 de março, será promovida uma plantação nos baldios de Vilar de Murteda pelos alunos da Escola Pintor José de Brito e Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo. No mesmo dia, acontecerá a segunda reunião com os Baldios, para debater alterações à Legislação Florestal 2019, num encontro que se repete em junho e setembro, com outros temas.


A 27 de abril, o programa inclui um workshop com entidades gestoras dos baldios do concelho. A 27 de maio, será promovida a apresentação pública do Plano de Gestão e Controlo das espécies invasoras lenhosas em áreas classificadas.


Em outubro, o programa inclui a formação e sensibilização de fitómarcos e, no último trimestre do ano, será promovida a segunda edição da conferência anual “A Floresta do Futuro”.


De 22 de outubro a 23 de novembro, é promovido o Concurso do Dia da Floresta Autóctone e, em novembro, será também apresentada uma exposição nos Antigos Paços do Concelho sobre o mesmo tema. De 16 a 23 de novembro, a Semana Temática da Floresta vai incluir atividades, ateliês, palestras e workshops.


A 23 e a 24 de novembro, respetivamente Dia Nacional da Floresta Autóctone e Dia da Cultura Científica, serão promovidas mais duas plantações de espécies autóctones.


Em dezembro, no dia 2, inicia-se a já habitual oferta de pinheirinhos de Natal e será também promovida uma campanha de sensibilização da proteção do azevinho, terminando o programa, a 11 de dezembro, Dia da Montanha, com a última plantação de espécies.