Página Inicial > Notícias > Viana do...de Nível

Viana do Castelo exemplo no Dia Internacional para a Segurança em Passagens de Nível

22 Junho 2010

passagem_nivelO Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo marcou hoje presença na celebração do Dia Internacional para a Segurança em Passagens de Nível, que incluiu também a apresentação das conclusões da consulta pública do “Livro Verde sobre a Segurança em Passagens de Nível”. Para o autarca José Maria Costa, esta é uma questão praticamente ultrapassada em Viana do Castelo já que está em fase de conclusão o protocolo que visa a eliminação de todas as passagens do concelho.

Por essa razão, Viana do Castelo foi hoje referenciada na sessão como um bom exemplo no país no que toca a segurança. Em Junho de 2005, a Câmara Municipal de Viana do Castelo e a REFER assinaram um protocolo para suprimir as 24 passagens de nível do concelho. Para tal, foram gastos mais de 15 milhões de euros para construir 14 passagens desniveladas que conferem maior segurança à circulação viária, ferroviária e de peões junto à linha do Minho e, paralelamente, foram efectuados investimentos nos novos restabelecimentos viários.

Actualmente, Viana do Castelo tem em fase de conclusão este plano de supressão de todas as passagens de nível. Em fase adiantada está a empreitada da nova passagem desnivelada de Além Rio (Areosa) e, em fase de conclusão, está a passagem desniveladas de S. Sebastião (Areosa). Foram também iniciados os trabalhos de construção do restabelecimento viário de Carreço, sendo estas as últimas empreitadas em curso e que vão permitir a Viana do Castelo tornar-se no primeiro concelho sem passagens de nível.

Recorde-se ainda que as passagens da Seca/Darque foram das primeiras a concluir, assim como as passagens superiores e inferiores de Mazarefes e a inferior de Vila Fria. Na Areosa, estão já a funcionar as passagens do Sr. Socorro e Igreja e as passagens inferiores de Carreço e Cabriteira/Afife. A passagem superior de Vila de Punhe foi aberta à circulação em Janeiro deste ano, altura em que também foi aprovado o protocolo do segundo troço que fará o restabelecimento da passagem inferior de Alvarães, que se tornará numa alternativa viária à EN305, com um investimento previsto de perto de 700 mil euros.

 

 

Viana do Castelo, 22 de Junho de 2010

 

Gabinete de Imprensa