Página Inicial > Notícias > Viana do...regionalização

Viana do Castelo defende reforma administrativa próxima do cidadão e regionalização

23 Março 2012

2-IMG_9192O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo defendeu hoje, durante a sessão de abertura do “Fórum Pensar as cidades do século XXI”, intitulado “Governança e gestão das cidades à luz da Estratégia UE 2020”, uma reforma administrativa mais próxima do cidadão e considerou “necessário” o avanço do processo da regionalização.

No seu discurso, José Maria Costa sublinhou serem necessárias propostas de reforma administrativa do Estado mais “esclarecidas e coerentes com o território, algo que infelizmente não está a acontecer”. Para o autarca, e no âmbito do debate sobre o futuro das cidades e territórios, é necessária a presença do Estado nos territórios de baixa densidade de forma a reforçar a coesão territorial da região e do país.

José Maria Costa referiu ainda que tem “esperança que o mau início da reforma possa evoluir para uma outra mais profunda, que aproxime o cidadão do Estado e aprofunde o tema da regionalização”, sendo que “a regionalização é hoje mais necessária do que nunca para uma correcta distribuição dos dinheiros públicos e para o desenvolvimento da região Norte”.

As declarações foram proferidas no primeiro fórum do género levado a cabo pela Câmara Municipal e pelo Eixo Atlântico para impulsionar as suas cidades a adoptarem posições activas na saída da crise e integra um conjunto de especialistas, tanto ibéricos, como internacionais, que estão a apresentar e debater com os responsáveis municipais as experiências mais avançadas que se desenvolvem no mundo, para resolver os problemas das cidades neste contexto de crise e torná-las competitivas, para retomar o crescimento económico.

Viana do Castelo, 23 de Março de 2012 

                                 Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo