Página Inicial > Notícias > Viana do...categoria Economia

Viana do Castelo considerado “Melhor Município para Viver” na categoria Economia

28 Outubro 2013

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, recebeu hoje das mãos dos responsáveis do Semanário Sol e do INTEC - Instituto de Tecnologia Comportamental, o prémio “Melhor Município para Viver” em 2013 na categoria de Economia, pelo trabalho desenvolvido no âmbito do projeto Centro de Mar e da economia do mar.

A distinção, entregue hoje numa conferência na Universidade Nova de Lisboa, reconhece os melhores municípios para viver em 2013 nas áreas de economia, ambiente e sociedade, sendo que a atribuição resulta de uma candidatura efetuada pela autarquia de Viana do Castelo com o trabalho do Centro de Mar de Viana do Castelo.

Para além de receber o prémio, José Maria Costa foi orador num dos painéis da Conferência, tendo abordado o trabalho desenvolvido pelo Centro de Mar, integrado no Cluster do Conhecimento e da Economia do Mar, e que se assume como uma aposta no desenvolvimento da náutica de recreio e dos desportos náuticos enquanto componentes relevantes para o reforço da posição de Viana do Castelo como uma “cidade da náutica do atlântico”.

Este projeto fundamental para o desenvolvimento turístico e económico de Viana do Castelo está já materializado em diversos equipamentos dedicados aos desportos náuticos com mais história e com mais evidência em Viana do Castelo, desde sempre ligada ao mar.
Assim, o novo equipamento de Remo vem responder às necessidades de utilização de 75 utilizadores e permitiu já criar condições para guardar embarcações e para a instalação do tanque de aprendizagem e da sala de aquecimento-ergómetros.
Outra valência já aberta ao público é o Centro de Vela para 82 atletas federados (57 masculinos e 25 femininos), a que acrescem 27 praticantes da vela/recreação e 6 técnicos (4 masculinos e 2 femininos). Na canoagem, o novo Centro destina-se a 40 atletas federados, a que acrescem 600 praticantes da canoagem/recreação, um grupo de Desporto Escolar e 8 técnicos.
Paralelamente, está a ser desenhado um Centro Interpretação Ambiental e de Documentação do Mar, que procura centrar um dos seus componentes do programa de atividades na consolidação de uma Rede de Cultura e Vivência no navio Gil Eannes.

Estes equipamentos, conjuntamente com o Centro de Alto Rendimento de Surf, constituem um suporte à dinamização concertada das atividades náuticas através da cooperação entre clubes locais e empresas dinamizadoras do turismo náutico, como é o exemplo, já este ano letivo, do projeto “Náutica nas Escolas”, que permite aulas de surf, canoagem, remo e vela enquanto atividades letivas curriculares nas disciplinas de Educação Física.

Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo