Página Inicial > Notícias > Viana do...Siza Vieira

Viana do Castelo assinalou 163 anos como cidade homenageando instituições e Siza Vieira

21 Janeiro 2011

sizaA Câmara Municipal de Viana do Castelo assinalou ontem, na Biblioteca Municipal, o 163º aniversário de cidade com a atribuição de títulos honoríficos a instituições do concelho e ao arquitecto Álvaro Siza Vieira. Na sessão, o Presidente da Câmara Municipal lembrou que o município continua a pugnar pelos mesmos objectivos: a consolidação da via-férrea, a aposta na construção naval e a importância do porto de mar.

Numa cerimónia com sala cheia, o Presidente da Câmara lembrou que “não deixa de ser curioso e oportuno que, hoje, passados 163 anos, o município tenha de pugnar e lutar pela consolidação e modernização da via-férrea que liga Viana ao Porto, promovendo a modernização/electrificação da via e apostando na mobilidade sustentável” e que “reivindique a importância do Porto de Mar, a defesa do seu modelo de gestão de proximidade, a lógica sua complementaridade, a importância da construção naval e da pesca artesanal, a aposta nas marinas de recreio e nos desportos náuticos”.

“A cidade de ontem e a cidade de hoje confluem para interpretações da história por vezes convergentes. As análises estratégicas de territórios, que temos em curso no âmbito do Plano Estratégico, consensualizado com o Conselho Económico e Social, impulsionam-nos para o reforço dos recursos Mar, Energias, Floresta e Património”, sublinhou José Maria Costa no seu discurso, lembrando as apostas na fixação dos jovens, apostando na inovação, no empreendedorismo, na reabilitação urbana em sintonia com o edificado / património construído.

Na sessão comemorativa, foram entregues títulos “aos que, de qualquer forma, honraram, prestigiaram e promoveram o município, contribuindo para o seu desenvolvimento e bem-estar”. Por isso, ontem receberam o título de Instituição de Mérito a Associação Cultural e Recreativa de Vila Franca, a Ronda Típica da Meadela, o Viana Taurino Clube e a Delegação de Viana do Castelo da Cruz Vermelha Portuguesa (ambas a completar o seu centenário).

Foi ainda entregue o título de Cidadão de Honra ao arquitecto Siza Vieira que, em Viana do Castelo, se aliou “a Fernando Távora e a Souto Moura para, numa obra prima arquitectónica, permitir a edificação da nova Biblioteca Municipal na Praça da Liberdade, no âmbito de um Programa Polis de valorização da frente ribeirinha da cidade de Viana do Castelo”.

No seu discurso, o Presidente da Câmara sublinhou que a Biblioteca foi fruto “de um momento de inspiração maior, uma obra de génio, que veio marcar a cidade pela beleza, pela elegância das linhas, pela harmonia com a envolvente e pela capacidade de indução e de criação cultural, função final deste valioso equipamento” e que “a cidade e o município de Viana do Castelo sentem-se muito honrados por agora acolherem mais um filho ilustre Siza Vieira, que muito tem valorizado a arquitectura portuguesa no mundo e, de forma sublime, em Viana do Castelo”.

No seu discurso de agradecimento, Álvaro Siza Vieira lembrou o trabalho e a capacidade técnica e pessoal de Fernando Távora, lembrando que o seu trabalho com a Biblioteca foi um modesto contributo para a cidade, mostrando-se honrado com a distinção, que agradeceu à Câmara Municipal.

O arquitecto participou depois no colóquio “Arquitectura e Bibliotecas Públicas, percursos e futuros”, que incluiu intervenções de Manuel de Queiroz, arquitecto consultor da Direcção Geral do Livro e das bibliotecas para a Rede Nacional de Bibliotecas Públicas; Margarida Oleiro, directora do Serviço de Bibliotecas da Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas; Maria José Moura, coordenadora e responsável pelo programa da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas até 2006; e Henrique Barreto Nunes, bibliotecário colaborador no lançamento da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, como moderador.

 

Recorde-se que o aniversário da elevação a cidade é assinalado no dia em que, em 1848, D. Maria II elevou a cidade à categoria de Vila de Viana da Foz do Lima, atribuindo-lhe o nome de Viana do Castelo, como reconhecimento da coragem e lealdade da guarnição do Castelo de Santiago da Barra.

 

Viana do Castelo, 21 de Janeiro de 2011

                                  Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo