Página Inicial > Notícias > Viana do...pela Costa

Viana do Castelo apresenta primeiro carimbo institucional dedicado ao Caminho Português pela Costa

27 Março 2019

A Câmara Municipal de Viana do Castelo apresentou o primeiro carimbo institucional dedicado ao Caminho Português pela Costa. O novo carimbo, que conta com a imagem do Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa, foi utilizado, pela primeira vez, para carimbar as credenciais de 180 peregrinos que percorreram, ontem, o caminho entre Castelo de Neiva e o centro da cidade de Viana do Castelo.


Este carimbo institucional foi criado pelo Município para registar a passagem dos peregrinos por Viana do Castelo, levando a marca do concelho a pessoas de todo o mundo. O carimbo apresenta um desenho da fachada do Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa, instalado no Hospital Velho, imóvel do século XV que chegou a ser albergue de peregrinos e que hoje é também um espaço de acolhimento para peregrinos, apresentando ainda a concha e a cruz de Santiago.


As primeiras 180 credenciais carimbadas com o novo selo pertencem a jovens estudantes de hoteleira portugueses e espanhóis que até 2021 vão ainda percorrer mais duas etapas daquele percurso. A iniciativa foi promovida pela escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo, tendo também contado com estudantes de Coimbra e do Centro Integrado de Formação Profissional (CIFP) Carlos Oroza, de Pontevedra.


No final do percurso de dez quilómetros entre Castelo de Neiva e o Centro Interpretativo, foi lançado o Menu do Peregrino, uma iniciativa da escola de hotelaria e turismo vianense. O desafio de conceção do menu foi lançado pela autarquia e o menu estará disponível, a partir de abril, no restaurante pedagógico da Escola de Hotelaria e Turismo, no Castelo Santiago da Barra, por um preço de 8,5 euros.


Recorde-se que, em novembro passado, o Município inaugurou o Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa no espaço do Hospital Velho, que correspondia a um antigo albergue de peregrinos, num investimento de 250 mil euros em obras de reabilitação e do espaço. No âmbito da regeneração urbana, a Câmara Municipal apresentou candidatura ao Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), para uma empreitada de quase 145 mil euros, que requalificou as fachadas e a cobertura do edifício do Hospital Velho. Já o apetrechamento da nova valência, num investimento de mais de 92 mil euros, foi feito no âmbito da candidatura Valorização dos Caminhos de Santiago – Caminho Português da Costa, que reúne dez municípios.


No âmbito das candidaturas foi executado um conjunto de obras de requalificação que permitiu dotar o espaço de condições e meios técnicos para a receção de peregrinos e visitantes retomando, de certa forma, a sua função primordial.