Página Inicial > Notícias > Viana do...transfronteiriça

Viana do Castelo acolhe uma centena de especialistas em workshop sobre combate a incêndios florestais na região transfronteiriça

08 Novembro 2018

O município de Viana do Castelo recebeu, ao longo de três dias, mais de uma centena de especialistas para um workshop internacional sobre “O papel do Oficial de Ligação em operações de extinção de incêndios florestais em regiões transfronteiriças (Portugal/Espanha)”. O encontro contou com a Estrutura Operacional da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Corpos de Bombeiros, Força Especial de Bombeiros Canarinhos da ANPC e Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR, recebendo ainda autoridades e meios de combate de Espanha.


O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, recebeu na autarquia uma comitiva de participantes no workshop, tendo garantido que, enquanto presidente da RIET – Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças, vai propor, na próxima Cimeira Ibérica, que acontece a 21 de novembro, em Valladolid (Espanha), aos dois governos, que seja efetuada a revisão da Convenção de Valência para adequar os atuais instrumentos jurídicos dos dois países às novas realidades de cooperação transfronteiriça e aos novos desafios da União Europeia.


De entre as propostas concretas para a Cimeira Ibérica, destaca-se a criação de uma unidade de coordenação de emergências das comunidades de fronteira para facilitar a rapidez e a eficácia para resposta dos meios de salvamento e luta e todos os tipos de catástrofes, incêndios florestais e efeitos poluentes.


O workshop teve como objetivos reconhecer os diferentes sistemas de gestão de operações; identificar a cartografia e os sistemas de informação geográfica utilizados em operações de extinção de incêndios florestais; identificar as ferramentas de apoio à decisão operacional; reconhecer os sistemas e procedimentos de comunicações utilizados ao nível distrital/regional e nacional; identificar os procedimentos operacionais de empenhamento de meios aéreos e identificar os procedimentos a realizar pelo Oficial de Ligação.