Página Inicial > Notícias > “Viana...Castelo Velho

“Viana à luz das estrelas” promove observações do céu com telescópios este sábado junto ao Castelo Velho

06 Junho 2019

O evento “Viana à luz das estrelas” acontece este sábado à noite, entre as 21h30 e as 23h30, e inclui observações do céu com telescópios na Praia Norte, junto ao Castelo Velho. De participação gratuita, o evento ocorre no âmbito do Simpósio da União Astronómica Internacional, que está a ser promovido ao longo desta semana na cidade, e conta com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Centro de Astrofísica da Universidade do Porto e Planetário do Porto.


Através da observação do céu com telescópios, o público poderá ver uma variedade de objetos astronómicos, como as crateras da Lua, o planeta Júpiter, o enxame de estrelas de Hércules, a estrela dupla Albireo, e a nebulosa planetária M57.


Antes, na sexta-feira, às 21h00, o Teatro Municipal Sá de Miranda acolhe “Sarau astronómico: à descoberta do nosso Universo”, um evento de entrada livre, que inclui palestras e que contará com a participação de Teresa Lago, astrónoma portuguesa de renome e atual secretária-geral da União Astronómica Internacional; Miguel Gonçalves, comunicador de ciência, da rubrica semanal “A Última Fronteira”, na RTP; e com os investigadores David Sobral, Catarina Alves de Oliveira e Elisabete da Cunha.


Os dois eventos fazem parte do programa do 352º Simpósio da União Astronómica Internacional, que tem como tema “Uncovering early galaxy evolution in the ALMA and JWST Era”, e que está a acontecer em Viana do Castelo, numa organização da União Astronómica Internacional, Universidade Nacional Australiana, Universidade de Leiden (Holanda) e Universidade do Porto / Instituto de Astrofísica.


Este encontro conta com cerca de 180 participantes vindos de 24 países diferentes, entre Portugal, Alemanha, Estados Unidos, Holanda, Espanha, Chile, Japão, França, Austrália, Itália, Reino Unido, México, Suíça, Croácia, Dinamarca, Brasil, Canadá, Suécia, Hungria, Emirados Árabes Unidos, Tailândia, Singapura, Índia e China.