Página Inicial > Notícias > Underworld...de agosto

Underworld confirmados no Neopop 2019 que acontece de 7 a 10 de agosto

20 Fevereiro 2019

O Neopop Festival regressa a Viana do Castelo de 7 a 10 de agosto para, ao longo de quatro dias, apresentar alguns dos nomes mais importantes da música eletrónica da atualidade e vai contar com os Underworld, num concerto apoiado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo. O maior festival de música eletrónica do país, que começa numa quarta-feira, vai contar com quatro palcos e dezenas de artistas para a sua 14ª edição, fazendo novamente da cidade minhota a capital nacional do techno.


São quatro dias ao longo dos quais vão desfilar, por entre quatro palcos, (Neostage, Antistage, Teatro Sá de Miranda e Parque de Campismo), alguns dos nomes mais importantes da música de dança da atualidade, com destaque para Underworld (live), 2Jack4U (live), Amelie Lens, Ben Klock, DVS1, John Digweed, Lokier, Maceo Plex, Rebekah (live), Richie Hawtin, Surgeon (live) e The Advent.


Desde cedo na vanguarda da cena techno underground dos anos 90, os Underworld despontaram definitivamente em 1996, quando o hino intemporal “Born Slippy (Nuxx)” se tornou a banda sonora de uma geração, após ter corrido mundo nas telas do filme “Trainspotting”. O sucesso deste single colocou-os no coração do mainstream, e nas duas décadas que se seguiram reforçaram o estatuto de banda incontornável de uma sonoridade que atingia então uma escala global: milhões de álbuns vendidos, concertos esgotados, criação de temas para realizadores premiados pela Academia de Hollywood (Anthony Minghella e Danny Boyle), exposições em galerias de arte ou a composição musical para a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres em 2012.


Com largas dezenas de registos, entre álbuns, EPs ou gravações ao vivo, os Underworld regressaram à sua melhor forma em 2016, com o álbum “Barbara Barbara, we face a shining future” e, mais recentemente, com "Drift EP 1 & 2".

A estimativa do impacto económico direto do Neopop, em 2018, foi de 3,72 milhões de euros, difundindo-se por toda a região de Viana do Castelo, com outros municípios do Alto Minho a sentirem o impacto turístico do evento.
O Neopop fez uma doação solidária à Associação de Paralisia Cerebral de Viana do Castelo e à Associação de Amigos do Autismo, como resultado da receita da venda dos quadros da campanha “The Art of Techno”, que foi promovida em 2017.


Nomeado em 4 categorias nos Iberian Festival Awards [Best Medium-Sized Festival; Best Line-Up Powered By Artcor Light; Best Communication; e Best Live Performance (Int.) (St. Germain)], o NEOPOP é um evento de referência, não só em termos culturais, mas também em termos económicos.