Página Inicial > Notícias > Solar de...Wine Tourism

Solar de Merufe premiado na Categoria “Práticas Sustentáveis” do Best of Wine Tourism

17 Novembro 2011

O Solar de Merufe, de Santa Maria de Geraz do Lima, acaba de ser premiado na categoria de “Práticas Sustentáveis” do Best of Wine Tourism. O anúncio foi feito na Alemanha, onde decorreu a cerimónia internacional dos Best Of Wine Tourism 2012, promovido pela Rede das Capitais de Grandes Vinhedos, uma associação internacional de oito cidades vinheteiras.

O solar de Merufe, integrado numa quinta datada do século XV, dedica-se ao enoturismo, sendo produtor de várias marcas de vinho. O reconhecimento é agora feito pela Rede de Capitais de Grandes Vinhedos, que confirma assim o valor das práticas sustentáveis, já que esta marca é conhecida pelo enoturismo, pelos vinhos e eventos mas também por criar produtos autênticos em sistema biológico com fim de preservar a natureza e a sustentabilidade da região.

Na quinta, são desenvolvidos produtos a partir dos tradicionais Vinhos Verdes, como espumantes e vinhos seleccionados, reservas de vinhos e espumantes, colheita tardia e vinagres balsâmicos, entre outros.

Este concurso internacional veio agora distinguir este produtor e promotor de Viana do Castelo na selecção de Vinhos Verdes, assim como a Quinta do Portal, premiada pelos seus armazéns, da autoria de Álvaro Siza; pela região do Douro e Porto a Casa Semarkinhas (na categoria “Alojamento”); e as caves Offley (na categoria “Serviços Inovadores”).

 

O “Best Of Wine Tourism” foi criado para distinguir os agentes promotores de enoturismo de cada cidade-membro que se distinguiram em termos de excelência das suas infra-estruturas e actividades em diversas categorias, desde arte e cultura até ao enoturismo sustentável, proporcionando ao público experiências de qualidade. Desde a sua criação, foram distinguidos 309 agentes, de um conjunto de 2099 nomeados.

 

A Rede das Capitais de Grandes Vinhedos é uma associação de oito cidades metropolitanas nos hemisférios Norte e Sul, as quais partilham um património económico e cultural fundamental: as suas regiões vinícolas internacionalmente reconhecidas.

 

 

Viana do Castelo, 17 de Novembro de 2011 

 

 

                                 Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo