Página Inicial > Notícias > SCUTS: Quatro...da Economia

SCUTS: Quatro entidades enviam declaração conjunta ao Primeiro-Ministro e ao Ministro da Economia

12 Abril 2012

Os principais responváveis pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, pela Associação Empresarial de Viana do Castelo, da AIMinho e da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte assinaram, em Viana do Castelo, uma declação conjunta sobre o impacto negativo no turismo e na economia regional com a introdução de portagens electrónicas na A28, que foi remetida ao Governo.

A declaração reafirma que a introdução de um regime efectivo de cobrança de taxas de portagens na concessão Norte Litoral (A28) e as características do sistema de cobrança adoptado, que assenta em portagens exclusivamente electrónicas, criaram dificuldades de mobilidade no que respeita à utilização das referidas vias por veículos de matrícula estrangeira, com reflexos gravosos a nível do turismo, da restauração e hotelaria e na competitividade das empresas da região.         

O documento enviado ao Primeiro-Ministro e ao Ministro da Economia refere ainda que dados recentes de movimentação nas SCUT´s apontam números preocupantes de retracção na actividade económica e aumento de insolvências na região, bem como a diminuição do número de cidadãos galegos que visitaram a região neste período em comparação com anos anteriores.

Os responsáveis alertam para o isolamento de Viana do Castelo por não ter vias alternativas e com o tráfego galego a ser escoado pela A3 pelas facilidades de pagamento e apelam a que o Governo apresente soluções e medidas que possam minorar o grave impacto e o prejuízo económico e social que a introdução das portagens na A28 está a causar no Alto Minho.

 

Viana do Castelo, 12 de Abril de 2012                                   Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo