Página Inicial > Notícias > Protocolo...desenvolvimento cultural

Protocolo entre Município e Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana promove desenvolvimento cultural

29 Dezembro 2020

A Câmara Municipal de Viana do Castelo e o Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana (TN-CDV) vão firmar um protocolo de promoção de desenvolvimento cultural para o próximo ano. A autarquia compromete-se, assim, a patrocinar o Teatro do Noroeste, enquanto companhia residente do Teatro Municipal Sá de Miranda, com uma subscrição anual de 54.450 euros, para a apresentação de quatro peças de teatro, das quais três obrigatoriamente em estreia, procurando servir os diversos públicos, incluindo o universo escolar nas suas várias faixas etárias.


No âmbito deste protocolo, considerando pertinente continuar a democratizar o acesso à fruição cultural, o Teatro do Noroeste – CDV “compromete-se com a inclusão dos públicos das diversas freguesias do concelho de Viana do Castelo, promovendo a organização própria da sua deslocação ao Teatro Municipal Sá de Miranda para assistência de espetáculos do TN-CDV a preços simbólicos e em articulação direta com as Juntas de Freguesia e a Câmara Municipal”.


O protocolo prevê ainda que a companhia de teatro encontre “formas inovadoras e criativas de dinamizar a criação e a fruição artística por parte dos públicos jovens em idade escolar e/o ligados ao universo associativo cultural do concelho, nomeadamente através da difusão de conteúdos artísticos em formato digital”.


Desde 1991 que as duas entidades desenvolvem uma estratégia de parceria para o desenvolvimento cultural assente em protocolos de cooperação que resultam no desenvolvimento de hábitos culturais como exercício do direito constitucional à fruição artística por parte dos cidadãos; no estímulo nos públicos da infância e juventude para as artes cénicas contemporâneas e na sensibilização dos agendes educadores para a importância da integração destas e de outras expressões artísticas no processo formativo e na educação dos jovens.


Esta parceria pretende ainda a promoção do gosto pelas artes cénicas em geral e pelo teatro em particular, por parte da população do concelho; a qualificação da oferta de arte contemporânea da cidade e da região; e ainda a sustentabilidade do Teatro Municipal Sá de Miranda como polo cultural de referência nos contextos local, regional, nacional e internacional.