Página Inicial > Notícias > Primeiro...do Castelo

Primeiro Banco de Provas da PSP criado em Viana do Castelo

18 Julho 2018

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, assinou hoje com o Diretor Nacional da Polícia de Segurança Pública, Luís Farinha, a escritura de constituição de direito de superfície sobre uma parcela de terreno situada na Zona Industrial do Neiva para a construção do Banco de Provas para Armas de Fogo e suas Munições. A cedência do terreno com uma área de 8.900 metros quadrados é por tempo indeterminado, enquanto for cumprida a função.


De acordo com o documento assinado, a PSP fica obrigada a promover no terreno o Banco de Provas, desde que de uso civil, de acordo com o projeto entregue na Câmara Municipal; o direito de superfície é constituído por tempo indeterminado, cessando apenas na eventualidade de encerramento deste equipamento, garantindo ainda que o Banco de Provas tem de estar instalado no prazo de 3 anos.


Este equipamento, o 17º existente a nível mundial, será o primeiro a ser construído em Portugal, devendo entrar em funcionamento em 2019, representando um investimento superior a dois milhões de euros, comparticipado em 75 por cento com verbas comunitárias pelo Fundo para a Segurança Interna (FSI) e com 25 por cento de comparticipação nacional.


O Banco de Provas da CIP, entidade certificadora de armamento e munições, ficará instalado na Zona Industrial do Neiva, perto das instalações da Browning Viana, uma das empresas armeiras portuguesas com maior dimensão, possibilitando que a certificação da produção seja feita em Portugal e a exportação feita pelo produtor.

O Banco de Provas assume-se como uma infraestrutura necessária ao eficaz e eficiente teste para controlo de qualidade das armas de fogo e munições, sendo a sua instalação, fiscalização e controle da competência da PSP.