Página Inicial > Notícias > Presidente...Couto Viana

Presidente da Câmara entregou prémios na 9ª edição do concurso escolar António Manuel Couto Viana

17 Junho 2019

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, marcou presença na entrega de prémios da 9ª edição do Prémio Escolar António Manuel Couto Viana e anunciou que durante a 10ª edição será publicado um segundo tomo que vai reunir os últimos cinco anos de trabalhos dos alunos. A comemoração dos dez anos vai incluir ainda uma sessão comemorativa, a acontecer no Teatro Municipal Sá de Miranda.


Recorde-se que o concurso foi criado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo e é dinamizado pela Biblioteca Municipal, em homenagem à vida e à obra do escritor vianense António Manuel Couto Viana, que foi autor de literatura infantil, poeta, ensaísta, tradutor e dramaturgo.


O concurso tem por finalidade dar a conhecer a obra literária do autor e premiar produções literárias e artísticas da população estudantil infanto‐juvenil da comunidade escolar vianense, sob as modalidades de Conto, de Ensaio, de Ilustração e de Poesia.


Na presente edição, foram apresentados à fase final do concurso 37 trabalhos dos alunos das escolas do concelho, públicas e privadas. Nesta fase final, o júri deliberou premiar 13 trabalhos nas modalidades Poesia, Conto, Ensaio e Ilustração, um por cada nível de escolaridade: 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário.


Na modalidade Conto, tema livre, o prémio foi atribuído a Bárbara Fernandes Ribeiro, com o conto “O mundo das cores”; Mercedes Figueira Botão de Noronha Rego, com o conto “O florescer do novo quadro”; Maria Dias Barreiro, com a obra “Não é preciso fingir ser quem não és!”; Sara Moreira Reis, com o trabalho “O conto que voa com o vento”.


Na modalidade Poesia, tema livre, o prémio foi atribuído a Lara Inês Maciel Gomes, com a poesia “António Manuel Couto Viana”; Luana Inês Afonso Costa, com a obra “Amizade todo o ano”; Diana Sofia Martins Dias, com o trabalho “Sobrevivência”; e Luís Filipe Borges Dias, com a poesia “Fim, demasiado”.


Na modalidade Ensaio, a partir da obra de António Manuel Couto Viana, o prémio foi atribuído ao Valentina Flores Morelli, com o ensaio "Natal cada vez menos".


Na modalidade Ilustração, também a partir da obra do patrono do prémio, os premiados foram Eva Brito Cunha, com a ilustração a partir do poema “Primavera” do livro “Versos de Cacaracá”; Íris Ribeiro Barros, com um trabalho a a partir da "Lenda do Rio Neiva" do livro “Lendas do Vale do Lima”; Joana Duarte Abreu Cruz, com a ilustração a partir do conto "A saia bormelha" do livro “Tens visto o Antão? : contos pícaros e outros não”; e Catarina Ferreira Barros, com ilustração a partir do poema "Amar-te: a morte" do livro “Raiz da lágrima”.