Página Inicial > Notícias > Presidente...social”

Presidente da Câmara denuncia “crime social”

31 Julho 2013

O Conselho Local de Ação Social aprovou hoje o Diagnóstico Social e Plano de Desenvolvimento Social e de Saúde de Viana do Castelo. No encerramento, José Maria Costa classificou de “crime social” o que está a ser feito com os novos equipamento sociais do concelho, que estão encerrados há mais de um ano.

O documento hoje aprovado assenta em três eixos prioritários: a promoção do empreendedorismo e a criação de novas oportunidades de emprego; a promoção da saúde e do bem-estar da população ao longo do ciclo da vida; e a promoção da coesão social do território. Este Plano vai agora ser articulado com outros instrumentos de planeamento e servir de base para o trabalho de articulação entre as instituições sociais com sede em Viana do Castelo.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara felicitou todos os parceiros envolvidos pelo trabalho elaborado na preparação deste instrumento estratégico para a área social, num período em que os setores sociais e da saúde estão particularmente frágeis devido ao acentuar da crise económica e do empobrecimento das famílias.

O autarca elogiou, por isso, o papel das IPSS’s, destacando o esforço efetuado na construção de novos equipamentos para resposta a solicitações da comunidade e para quem, “infelizmente, o Estado não tem sido solidário, deixando-as ao abandono relativamente às novas valências sociais construídas há mais de um ano e a aguardar apoios financeiros ou a contratualização de acordos de colaboração”.

Para José Maria Costa, “numa altura em que as famílias precisam de respostas sociais, configura-se um crime social o Estado deixar estar fechados há mais de um ano equipamentos como creches, centros de dias, lares de idosos e de cuidados continuados”.

“É urgente a entrada em funcionamento destes equipamentos para dar resposta às pessoas e acudir às diferentes instituições de solidariedade social”, rematou.

Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo