Página Inicial > Notícias > Praia Acessível...paralisia cerebral

Praia Acessível da Amorosa recebe jovens com paralisia cerebral

21 Julho 2010

Integrado num encontro nacional promovido pela APPACDM de Viana do Castelo, um grupo de cinquenta jovens e vários centros nacionais de paralisia cerebral esteve na Praia da Amorosa para experimentar o mar através de quatro cadeiras anfíbias (tiralô). É que a praia da Amorosa, em Viana do Castelo, é uma das poucas praias acessíveis que permitem a acessibilidade à praia e ao banho de pessoas com mobilidade reduzida.

appacdmA iniciativa, que contou com o apoio da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) de Viana do Castelo, decorreu numa das duas praias acessíveis de Viana do Castelo, que ostentam uma bandeira que atesta as condições técnicas para a acessibilidade às praias de todos os cidadãos, através da instalação de acessibilidades, infra-estruturas de apoio sanitário e ainda o apoio técnico de terapeutas ocupacionais e monitores de apoio às actividades, contando com a participação de voluntários.

Recorde-se que este projecto, que teve a sua génese na Praia do Cabedelo e está hoje disseminado pelo país, permite que Viana do Castelo torne, na época balnear de 2010, acessíveis as praias de Amorosa (às segundas, quartas e sábados) e de Carreço (com marcação).

Inicialmente apelidadas "Praias sem Barreiras" e integrando também a praia do Cabedelo-Estuário (disponível às terças, quintas, sextas e domingos), as “Praias Acessíveis, Praias para todos” possuem o tiralo (mecanismo/cadeira que facilita o acesso à água e ao banho), denominação aproximada ao “tirez de l’eau”, como é denominada em Hendaye (França), com quem Viana do Castelo está geminada e de onde “importou” o mecanismo depois de uma visita àquela cidade.

Em Viana do Castelo, o projecto "Praias sem Barreiras" pretendia organizar a acessibilidade à praia e ao banho para todas as pessoas com problemas de locomoção e integrava uma política global que inclui a sinalética, serviços na praia, atendimento, adaptação dos lugares públicos e actividades variadas. O tiralo, mecanismo que venceu uma medalha de bronze na categoria Inserção Social organizado pela Comissão Europeia, está a ser utilizado desde essa altura com grande sucesso tendo, ao longo dos anos, servido centenas de cidadãos com mobilidade reduzida.

 

            Viana do Castelo, 21 de Julho de 2010

 

Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo