Página Inicial > Notícias > Plano de...de Darque

Plano de Pormenor para a Área Marginal da Frente Ribeirinha de Darque

03 Dezembro 2009

A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou ontem, por unanimidade, remeter o Plano de Pormenor para a Área Marginal ao Rio Lima em Darque para Assembleia Municipal, onde será debatido e apreciado. O plano, relativo a uma área de 107 hectares situados entre a Ponte Eiffel e a Ponte do IC1, vai permitir a requalificação de toda a área marginal esquerda do rio Lima, operando uma verdadeira revolução no espaço público da vila de Darque.

O Plano de Pormenor vai permitir a valorização turística da frente ribeirinha, nomeadamente com o aproveitamento das inúmeras potencialidades para a prática dos desportos náuticos, já que este freguesia tem tradição em desportos como o kayak. Previstos estão investimentos para a requalificação do espaço público marginal de Darque com novos arruamentos, espaços de lazer e convívio, percursos pedestres, uma ciclovia, mobiliário urbano moderno e ainda toda a infra-estruturação da zona marginal.

Do plano consta também a construção de um equipamento de apoio à prática de desportos náuticos, zonas de acostagem, uma unidade hoteleira e um verdadeiro empreendimento turístico na zona da antiga Seca do Bacalhau, actualmente devoluta, e que irá também dar lugar a um núcleo museológico sobre a pesca, o bacalhau e a seca.

No que toca a estruturas de acesso, está prevista a construção de mais uma passagem desnivelada em Darque, que se junta às já existentes na freguesia e que permitiu suprimir todas as passagens sobre a linha de caminho de ferro da vila.

Com este Plano, a Autarquia cumpre a vontade dos darquenses e requalifica um espaço que ficará interligado com a zona do Parque da Cidade, na frente ribeirinha norte de Viana do Castelo.

Este Plano de Pormenor para a área marginal de Darque, recorde-se, foi submetido a discussão pública na freguesia e dela resultaram 32 participações que, depois de analisadas, deram origem a 75 questões que, por seu turno, foram analisadas separadamente e que incidiam sobretudo sobre o desenho urbano, a rede viária e a capacidade construtiva propostas e que foram tidas em consideração.

Viana do Castelo, 03 de Dezembro de 2009

Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo