Página Inicial > Notícias > Orquestra...do Castelo

Orquestra Philarmónica de Lisboa atuou em Viana do Castelo

15 Maio 2017

O Teatro Municipal Sá de Miranda recebeu um concerto da Orquestra Philarmónica de Lisboa, dirigida pelo maestro Miguel Madaleno e com participação do solista vianense Fernando Sá.

A Orquestra Philarmónica de Lisboa (OPhL) surgiu a par do sonho de dois maestros que, atentos ao património histórico-cultural, ambicionaram recuperar uma orquestra que existia no passado musical de Lisboa e que se extinguiu – A Orquestra Filarmónica de Lisboa, criada em 1937. Trata-se de um projeto de dinamização artística na área da música, descentralizando os concertos das grandes cidades, de forma a fazer chegar a música a outros espaços e públicos.

Assume-se, por isso, como um projeto de construção social e cultural, que procura criar pontes entre diferentes entidades e agentes. Intenta enriquecer a sociedade, contribuindo para que a música esteja acessível a toda a comunidade, promovendo a criação de laços e o reforço do tecido social, proporcionando experiências que exemplifiquem e promovam a excelência artística, a educação, a criatividade e a inovação. Tem vindo a realizar programas não só com o Maestro titular, como recebeu ainda diversos maestros internacionais como: Martin Elmquist e Gerardo Estrada, Diego Naser. Recebeu ainda o Compositor Juan António Simarro e a cantora Eva Requena.

De entre os solistas, está o músico Fernando Sá. Natural de Viana do Castelo, iniciou os seus estudos em Violino aos doze anos de idade na Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, na classe da Professora Larissa Schomina. Aí tem oportunidade de trabalhar com vários outros nomes tanto em masterclasses como em aulas individuais. Em 2006 ingressou na Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco com o professor António Miranda.

Começou então a participar pontualmente como reforço em alguns projetos e orquestras a nível nacional. Entre 2009 e 2011 foi aceite em dois projetos internacionais de orquestra para jovens interpretes (Bysioc, Forum Franco-Allemand des Jeunes Artistes) fazendo sempre parte dos 1º.violinos tendo numa ocasião sido escolhido para concertino. Tem colaborado com varias formações e artistas de renome entre eles fica registado um DVD ao vivo com Aurea “Aurea – AO VIVO NO COLISEU DE LISBOA” e a gravação do CD com a banda Brass Wires Orchestra “Cornerstone” em 2014. Em 2015 foi convidado para integrar a Lisbon Poetry Orchestra, onde pôde partilhar palco com alguns reconhecidos atores e declamadores Portugueses e, atualmente, frequenta o Mestrado em ensino na Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco.


Câmara Municipal de Viana do Castelo