Página Inicial > Notícias > Obras de...Liberdade

Obras de Transferência dos Serviços de Finanças para a Praça da Liberdade

21 Janeiro 2010

A Direcção Geral das Contribuições e Impostos acaba de publicar em Diário da República o concurso público que irá permitir avançar com as obras de instalação do Serviço de Finanças de Viana do Castelo nos edifícios administrativos da Praça da Liberdade, desenhados por Fernando Távora. O concurso, com preço base de 600 mil euros, tem um prazo de execução de 180 dias e irá permitir a transferência das Finanças do edifício situado no Passeio das Mordomas da Romaria.

Este concurso permite cumprir os prazos indicados pelo Presidente da Câmara Municipal, José Maria Costa, a quem a tutela garantiu recentemente a ocupação dos edifícios administrativos para diversos serviços públicos, depois de diversas diligências no sentido de acelerar o processo de instalação daquelas estruturas.

Os edifícios administrativos, situados na Praça da Liberdade, foram desenhados por Fernando Távora, um dos fundadores da Escola do Porto e um dos mais prestigiados arquitectos portugueses. A intenção da Autarquia sempre passou pelo arrendamento dos dois edifícios para a instalação de serviços, para além da restauração já existente. Recentemente, e fruto de diligências do Presidente da Câmara, ficou assegurada a execução desta intenção, depois de terem sido arrendados os edifícios a vários Ministérios.

A Praça da Liberdade é considerada uma nova centralidade de Viana do Castelo, constituindo uma das obras emblemáticas da requalificação urbana dos últimos anos. Trata-se de um conjunto edificado na frente ribeirinha, cuja praça central foi projectada por Fernando Távora, e que integra também a Biblioteca desenhada por Álvaro Siza Vieira e o futuro edifício do Coliseu, de Eduardo Souto Moura.

  

Viana do Castelo, 21 de Janeiro de 2010

Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo