Página Inicial > Notícias > Nova Via...rodoviária

Nova Via do Vale do Neiva representa investimento de 8 milhões de euros na competitividade empresarial e segurança rodoviária

25 Maio 2020

O Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, presidiu à sessão de assinatura do Protocolo de Colaboração para Apoio Técnico no Projeto de Execução da Nova Via do Vale do Neiva entre o Município e a Infraestruturas de Portugal. Trata-se de um investimento de 8 milhões de euros para a construção de uma nova ligação entre o Vale do Neiva e a autoestrada A28 que irá criar uma ligação com uma extensão de 5,2 quilómetros, tendo as duas vias de rodagem uma largura de 7 metros.


A nova via irá dotar de segurança rodoviária e fomentar a competitividade empresarial das cinco freguesias, que representam 30% do tecido empresarial do concelho vianense.


O Vale do Neiva, composto por Alvarães, Vila de Punhe, Mujães, Barroselas e Carvoeiro, abrange um tecido económico diverso, de variados setores, como o agroindustrial, o da extração de caulinos, da produção cerâmica, da indústria têxtil, o da fileira das madeiras, a indústria metalomecânica e a logística, responsável por um terço da riqueza gerada no concelho.


De acordo com o acordo de colaboração entre o Município e a Infraestruturas de Portugal, esta nova ligação “constituirá ainda a ligação privilegiada com a futura expansão da Z. I. de Neiva, nas imediações de Alvarães, que se localiza sensivelmente a meio do trajeto entre Neiva e Barroselas”.


Assim, o Município desenvolverá o projeto de execução da “Nova Via do Vale do Neiva” em articulação com a Infraestruturas de Portugal, que irá acompanhar e prestar orientação técnica no desenvolvimento do mesmo.


A via terá início no nó da A28, junto à rotunda da Estrada Nacional 13, na Zona Industrial do Neiva. O investimento entre terraplanagens, drenagens, pavimentos, redes e iluminação, equipamentos de sinalização e segurança, ascende a 5,5 milhões de euros, correspondendo as expropriações a um total de 2,5 milhões de euros.


O acesso da A28 ao Vale do Neiva é uma nova ligação da A28 / Zona Industrial do Neiva à área empresarial do Vale do Neiva que visa melhorar a acessibilidade de pessoas e bens às empresas que estão situadas neste território. No Estudo Prévio Geral pode ler-se que “esta nova via deverá constituir uma nova ligação de Barroselas à rede viária estruturante, mais especificamente ao IC1/A28 e EN103/EN13 – Nó da Zona Industrial de Neiva”, tendo como objetivo “melhorar as condições de segurança e conforto de circulação rodoviária, permitindo ainda a redução significativa do tempo de percurso entre Barroselas e a Zona Industrial de Neiva”.


O Estudo refere ainda que “atualmente, o acesso é garantido através da EN308, que atravessa a povoação de Barroselas, sensivelmente ao km 8 e entronca na EN13 ao Km 0, em Darque, aproximadamente 4 km a norte da Zona Industrial de Neiva”, indicando que “este troço da EN308 se encontra saturado, atravessando no seu percurso zonas fortemente urbanizadas, registando uma ocupação marginal densa, que condiciona a fluidez do tráfego e as condições de segurança”.


A nova via rodoviária pretende eliminar pontos negros e a circulação condicionada para veículos pesados no interior da freguesia de Alvarães, melhorando a segurança rodoviária em todo o Vale do Neiva.


Nas freguesias de Vila de Punhe e Barroselas, os novos troços rodoviários propostos, para além de uma ligação mais fluída e segura à autoestrada A28, vão melhorar, através dos seus nós de ligação, a mobilidade interna intrafreguesias, ligando estradas nacionais a vias municipais através de um novo corredor rodoviário.


“A Câmara Municipal de Viana do Castelo, com a criação desta nova via, pretende não só desviar o tráfego da EN308, mas também promover a utilização de meios de transporte mais sustentáveis, nomeadamente o uso da bicicleta, através de uma via dedicada a ciclistas ao longo de toda a extensão da vida”, acrescenta o estudo.