Página Inicial > Notícias > Navio Hospital...da Marinha

Navio Hospital na Revista da Marinha

22 Janeiro 2010

A Revista da Marinha dedica a sua mais recente edição ao navio-hospital “Gil Eannes”, construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo em 1955 e ancorado como museu e pousada da juventude na cidade. Na sua edição, a Revista enumera os diversos pontos que marcaram a história do navio que apoiou a frota bacalhoeira nos mares da Terra Nova e da Gronelândia e apela ao apoio na reconversão e reabilitação do emblemático navio.

Estando também para consulta na página online da revista, pode ler-se a história do navio durante a sua “vida útil” até ser vendido para abate a um sucateiro em 1997. “Perante este inglorioso destino do emblemático navio-hospital, a Comunidade Vianense foi mobilizada para o trazer à cidade onde nascera, resgatando-o da sucata que o esperava, para ser exposto no porto de mar de Viana do Castelo, como memória viva do passado martimo da cidade e do País. Foi, oportunamente, constituída a Comissão Pró - "Gil Eannes", para angariar os meios financeiros necessários, para resgatar o navio do sucateiro que o ia desmantelar. Em 1998, aquela Comissão deu origem à Fundação Gil Eannes, actual proprietária do navio, que se propôs transforma-lo num pólo de atracção da cidade”, descreve a edição da Revista da Marinha.

 O texto, acompanhado de uma fotografia antiga do navio, lembra ainda o dia em que o navio chegou a Viana do Castelo e o apoio de instituições, empresas e personalidades que depois permitiram a sua abertura ao público. Hoje, “os visitantes podem "navegar" pela ponte de comando, cozinha, padaria, casa das máquinas, consultório médico, sala de tratamentos, gabinete de radiologia, bloco operatório, camarotes, capela, e ainda, aceder a quatro quiosques multimédia com diversa informação histórica e fotográfica, bem como simular, virtualmente, num Simulador de Navegação, a entrada na barra de Viana do Castelo e atracar o navio na doca comercial”, refere.

Em 2009, o navio encerrou com 41.060 visitantes, o que perfaz um total acumulado, desde a abertura do navio ao público, em 1998, de 481.879 visitantes. Na Pousada de Juventude registaram-se, no ano transacto, 4614 dormidas.


 

Viana do Castelo, 22 de Janeiro de 2010

 

Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo