Página Inicial > Notícias > Museu do...Infantil”

Museu do Traje acolhe exposição dedicada ao “Traje no Mundo Infantil”

22 Setembro 2020

Está patente até 29 de novembro a exposição “O Traje no Mundo Infantil” no Museu do Traje de Viana do Castelo. Numa organização da Câmara Municipal, a mostra apresenta o uso de trajes regionais vianenses no imaginário do mundo infantil, que geralmente está associado a recreações fotográficas, brinquedos, ilustrações, ao vestuário das crianças no passado e ao uso atual destes trajes nas festas e romarias no concelho.


A mostra apresenta uma variedade de vestuário utilizado pelas crianças nas aldeias vianenses, bem como de trajes à vianesa infantis. A exposição revela curiosidades, detalhes e registos variados, demonstrando a importância que o vestuário vianense sempre teve na infância das crianças portuguesas.


Assim, nesta exposição pode ser encontrada um coleção do Museu do Traje constituída por um conjunto de bonecas, datadas entre a década de 30 e a de 40 do século XX, que pertenciam à “Casa das Miudezas”, antiga loja de artigos e trajes regionais, bonecas “vestidas à Vianesa”, entre outros, que se situava no edifício que confronta com a Praça da República e a Rua Sacadura Cabral.


No que toca a brinquedos, da década de 60 do século passado podemos ver uma boneca de trapos, executada pela artesã Maria Helena, com um Traje à Vianesa de Areosa. Também estão expostas duas bonecas de celuloide, da década de 60/70, uma com um Traje de Domingar e a outra com um Traje de Noiva, doadas por Marie Françoise de Lima. Já dos finais do século XX estão expostas oito bonecas de porcelana doadas ao Museu do Traje por Ana Paula Meira, a envergarem diversos trajes típicos.


O traje infantil é também apresentado através dos Retratos, visto que desde o século XIX que surgem vários registos onde os trajes populares das aldeias vianenses dão corpo às interpretações do mundo rural alto-minhoto. Há mais de 100 anos que as famílias mais abastadas, por altura do Carnaval, para bailes e quermesses, ou apenas para registo fotográfico, trajavam os seus filhos “à moda do Minho”.


O traje infantil é também encontrado no Mundo das Miniaturas, com a existência de pequenas peças para vestir bonecas com trajes regionais vianenses. As peças, executadas por Gemeniana Branco, demonstram o rigor e a mestria que esta ilustre vianense dedicava às artes populares.


Também o traje infantil foi inspiração para a criação de postais ou simples desenhos. Um dos postais expostos é da 1ª Guerra Mundial e, para além de um menino vestido como um soldado português da época, utilizou uma menina com um Traje à Vianesa de Areosa.


Na atualidade, desde há vários anos que, na Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia, muitas crianças vestem alguns dos trajes regionais vianenses. Especialmente no cortejo etnográfico, podemos ver centenas de crianças, com toda a chieira, a usarem estas roupas de tempos passados.

Nota: O Museu do Traje encontra-se encerrado ao público de 6 a 22 de outubro.