Página Inicial > Notícias > Museu de...noventa anos

Museu de Artes Decorativas está a comemorar noventa anos

10 Abril 2014

O Museu de Artes Decorativas de Viana do Castelo, que está a assinalar os seus noventa anos com um ciclo de conferências, recebeu recentemente a visita de Franklin Pereira, professor e investigador para falar sobre “Viana do Castelo no roteiro dos couros artísticos desde o século XVI”.

A iniciativa comemorativa vai prosseguir agora com novas conferências sobre faiança a 17 de maio e sobre mobiliário no cruzamento de culturas a 21 de junho por Isabel Fernandes, investigadora, e Paula Oliveira Carneiro, Conservadora do Museu Nacional Soares dos Reis. De notar que todos os temas abordados estão diretamente relacionados com a riqueza e com o acervo deste museu, a comemorar noventa anos.

O Museu de Artes Decorativas de Viana do Castelo está instalado num solar urbano edificado em 1724, situado no Largo de São Domingos. Em 1730, o edifício foi adquirido pela família Barbosa Teixeira Maciel, ficando a ser conhecido pela “Casa dos Barbosa Macieis”. Trata-se de um edifício de linhas barrocas, embora com elementos clássicos, como os frontões triangulares que encimam as janelas, onde sobressai o brasão dos Teixeira Barbosa Maciel.

No seu interior, destacam-se três salas com alizares de azulejos a azul e branco, uma pequena capela/oratório com retábulo de talha barroca e paredes decoradas a azulejos historiados assinados pelo mestre Policarpo de Oliveira Bernardes. A coleção do museu é constituída por peças de arqueologia, numismática e heráldica e possui a mais numerosa e diversificada coleção de faianças portuguesas do século XVII e XVIII, designada de “louça azul”, de fabrico de Lisboa e Coimbra.

Especial destaque também para as faianças da Fábrica de Darque e para o núcleo de mobiliário indo-português, desenho e pintura dos séculos XVII e XVIII.


Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo