Página Inicial > Notícias > Município...na Madeira

Município de Viana do Castelo participa em simpósio de artesanato na Madeira

02 Maio 2019

O Município de Viana do Castelo marca presença, amanhã, num simpósio de artesanato que decorre na Madeira. A Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Maria José Guerreiro, apresenta a Certificação do Traje à Vianesa no simpósio subordinado ao tema “Artesanato no Atlântico – Rumos e Inovação”, promovido pelo Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira.


Este simpósio visa proporcionar aos artesãos e demais interessados das artes e ofícios tradicionais um espaço de reflexão e debate acerca do novos desafios e rumos que se apresentam ao artesanato como forma distinção da identidade de uma região.


Neste encontro serão discutidos painéis como “As políticas de estímulo ao artesanato em Portugal”; “As tendências de moda, design e mercado para o artesanato”; “As intervenções de inovação Valorização e qualificação do artesanato”; entre outros painéis com casos práticos e projetos de sucesso na área do artesanato.
A Vereadora da Cultura irá apresentar a importância da defesa do património e artesanato tradicional, a experiência enquanto entidade certificadora do Traje à Vianesa e as vantagens da proteção do traje.


Recorde-se que, em agosto do ano passado, o Museu do Traje recebeu a apresentação pública dos primeiros cinco Trajes à Vianesa que ostentam a etiqueta de certificação, assinalando o início da confeção do traje de acordo com o Caderno de Especificações. Foram apresentados exemplares dos trajes de Areosa, Afife, Santa Marta de Portuzelo, Geraz do Lima e o traje azul escuro de “Dó”, confecionados por três artesãs de Viana do Castelo.


Na sessão, o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo justificou a necessidade da certificação do Traje à Vianesa com o receio de que se pudesse adulterar uma verdadeira maravilha da arte humana. Referiu que, a partir de agora, o objetivo é candidatar o Traje à Vianesa a Património Nacional.


Considerado um dos maiores valores culturais do concelho, o traje está certificado mediante um documento que é o instrumento onde estão definidas as caraterísticas do “Traje à Vianesa”.


O caderno de especificações define as caraterísticas do “Traje à Vianesa” e lista, fundamentando, todos os parâmetros que pesem para a sua certificação, nomeadamente o nome que identifique o produto e que neste caso terá derivações; referenciais histórico-geográficos que contextualizem a ocorrência e a continuidade da produção; e a caracterização do produto: características físicas (forma, dimensões, padrões, cores e desenhos predominantes); matérias-primas utilizadas; modos de produção (técnicas, saberes, ferramentas e equipamentos).