Página Inicial > Notícias > Militares...incêndios

Militares voltam a vigiar Serra de Santa Luzia durante período crítico de incêndios

23 Junho 2015

Os militares da Escola Prática de Serviços da Póvoa de Varzim vão voltar a vigiar a serra de Santa Luzia durante o período crítico de incêndios entre 01 de Julho e tem vigência até 30 de Setembro. O protocolo entre a Câmara Municipal e o Exército foi hoje assinado e visa “a defesa da floresta e, consequentemente, na manutenção das condições de vida das populações locais”.

O objetivo do protocolo é apoiar a autarquia, enquanto elemento da Proteção Civil, na vigilância da Serra de Santa Luzia, como ação de prevenção contra incêndios e concomitantemente na defesa da floresta e na manutenção das condições de vida das populações locais, sendo que os elementos do Exército vão patrulhar aquela área a partir de hoje de forma a diminuir a probabilidade de incêndio e ainda na defesa da floresta e manutenção das condições de vida das populações locais.

Os militares vão realizar operações de vigilância mantendo permanentemente informadas as entidades responsáveis (CODIS, Bombeiros Municipais de Viana do Castelo) e comunicando, de imediato, qualquer ocorrência digna de registo.
Esta vigilância pretende ser preventiva de incêndios nos quase trinta quilómetros quadrados de extensão da Serra de Santa Luzia e prolonga-se durante o período crítico de incêndio, Este é já o quinto ano em que os militares estão em Santa Luzia, ou seja, desde 2010, altura em que deflagraram inúmeros incêndios naquela área do concelho.


Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo