Página Inicial > Notícias > Gabinete...novas empresas

Gabinete de Apoio ao Micro-Empresário permitiu criar duas novas empresas

15 Junho 2011

O Gabinete de Apoio ao Micro-Empresário (MVC Micro Empresário), criado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo e pela Associação Nacional do Direito ao Crédito, já permitiu criar duas novas pequenas empresas em Viana do Castelo. Em causa está uma empresa de assessoria de imprensa e outra de design gráfico e ilustração que contaram com o apoio técnico e financeiro do MVC–Micro Empresário.

Até ao momento, foi criada uma empresa que orienta a sua actividade para a assessoria de imprensa, disponibilizando um alargado e diversificado leque de serviços, nomeadamente a gestão on-line, da rede social e comercial, marketing e prospecção de mercado, conteúdos editoriais, promoção e desenvolvimento de conteúdos de vídeo e fotografia e comunicação e promoção de instituições de ensino ou eventos.

Outra das empresas criadas pretende atingir um variado leque de produtos (T-shirts, Stickers, pins, entre outros), baseado nos seus trabalhos como ilustrador e designer gráfico. As ilustrações, na sua totalidade, abordam ou satirizam algum tipo de contexto social, político ou económico actual, mas também se alarga a conceitos ou situações mais locais, ou seja, do distrito de Viana do Castelo.

Criado em Maio de 2010, o gabinete atendeu cerca de meia centena de pessoas, organizou informação e promoveu workshops, dois em Juntas de Freguesia e, por questões de introdução de novos públicos-alvo, no estabelecimento prisional de Viana do Castelo.

Com esta nova valência, a Câmara Municipal, através do Sector de Gestão de Espaços de Actividades Económicas, pretende promover a inserção de pessoas na comunidade, nomeadamente através do sucesso de projectos de micro-crédito, sendo que esta é mais uma das diversas iniciativas que pretendem apoiar o empreendedorismo em Viana do Castelo.

O acordo de parceria tem em conta o impacto da situação financeira na economia real dos vianenses mas também a certeza de que a criação de emprego no sector privado é fundamental para a revitalização da economia. Em causa está o estímulo ao empreendedorismo através do acesso ao financiamento que apoia sobretudo desempregados, trabalhadores em regime precário, pessoas sem ocupação com uma boa ideia de negócio e que necessitem de um pequeno financiamento que não ultrapasse os dez mil euros.

 

 

Viana do Castelo, 15 de Junho de 2011

                                  Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo