Página Inicial > Notícias > Gabinete...Monserrate

Gabinete Cidade Saudável promove Inquérito Municipal de Saúde em Monserrate

24 Setembro 2009

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, através do Gabinete Cidade Saudável, criou um Observatório de Saúde com o objectivo de avaliar o impacto em saúde das acções que têm vindo a ser desenvolvidas ao longo do tempo, no âmbito do Projecto Cidades Saudáveis. Para tal, a Escola Superior de Saúde, parceira do projecto, vai levar a cabo um Inquérito Municipal de Saúde junto da população da freguesia de Monserrate a partir da próxima segunda-feira (28 de Setembro) para recolher informação para a construção dos indicadores do Observatório de Saúde.

Depois de ter já sido concluída a elaboração do Inquérito Municipal de Saúde, sob orientação do grupo de trabalho constituído por docentes da Escola Superior de Saúde, o trabalho vai agora para terreno e, numa primeira fase, abrangerá a população da freguesia de Monserrate.

Os inquéritos serão feitos por vários grupos de alunos que aplicarão um inquérito, que dará a conhecer as condições de saúde da população no sentido de adequar as estratégias de intervenção na área da saúde às suas necessidades, nomeadamente, no que se refere aos temas relacionados com a qualidade de vida, os cuidados preventivos, a actividade física, a saúde mental, os consumos (alimentos, bebidas e tabaco), a incapacidade de longa duração e a doença crónica.

Os dados recolhidos neste Inquérito serão trabalhados e apresentados através do Sistema de Informação Geográfica (SIG), em colaboração com a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viana do Castelo.

Esta iniciativa do Gabinete Cidade Saudável permite dar mais um passo para a concretização dos objectivos traçados pela Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis, criada a 10 de Outubro de 1997 por escritura pública assinada em Viana do Castelo por sete cidades e que agora integra duas dezenas e meia de cidades de todo o país. Na altura, ficaram definidos os objectivos da associação, que tem por objecto "a promoção de políticas locais de saúde" seguindo os princípios da Estratégia Saúde para Todos da OMS.  

Das suas principais metas destacam-se a participação activa sobre as políticas que condicionam a saúde das populações, o planeamento urbano saudável, a acessibilidade para todos, a integração dos grupos populacionais mais fragilizados (cidadãos portadores de deficiência, minorias étnicas, idosos, etc.), a promoção da saúde e de hábitos de vida saudável (alimentação, exercício físico, etc.) e a colocação deste tema na prioridade das agendas dos decisores políticos locais.

A aplicação do Projecto Viana do Castelo Cidade Saudável envolve, naturalmente, a requalificação urbana e valorização ambiental que tem sido realizada desde o Plano Estratégico de 1995 e desenvolvida com o Programa Polis em 2000, e agora o Programa Polis do Litoral Norte para a requalificação da frente atlântica, uma parceria de Viana do Castelo com os municípios de Esposende e Caminha.

 

            Viana do Castelo, 24 de Setembro de 2009

 

Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo