Página Inicial > Notícias > Fundo de...candidaturas

Fundo de apoio Medidas de Âmbito Cultural apoia 7 candidaturas

26 Maio 2020

O fundo de apoio Medidas de Âmbito Cultural, lançado pela autarquia, recebeu um total de 19 candidaturas, tendo sido selecionados 7 projetos. Recorde-se que, num contexto de imprevisibilidade em resultado da pandemia de COVID-19, de confinamento social, de acesso à programação cultural muito limitado às redes sociais, e ciente de que os artistas, apesar de uma presença constante nas mesmas, não retiram benefício financeiro desta partilha, a Câmara Municipal propôs um fundo de apoio à concretização de projetos culturais no valor global de 20.000 euros a ser distribuído pelos vários projetos.


Assim, no ciclo “O teu teatro” será apoiado Alexandre Martins, pelo projeto “Horas Extraordinárias”, um monólogo pensado para ser filmado e que pretende cruzar as linguagens do cinema e do teatro, com o resultado a ser mostrado em ‘streaming’ nas redes sociais.


No âmbito do ciclo “A tua residência” foi aprovada a candidatura de Rita GT, pelo projeto “Hands and tree series”, desenhos-esculturas, partindo de duas imagens simbólicas: as mãos e as árvores; bem como pelo projeto “Like a Women: Cum Laude”, uma edição de caixas de madeira performativas.


No mesmo ciclo foi também selecionado Augusto Gonçalves, pelo projeto “O Canário canta em casa”, com realização de concertos musicais a partir de casa, quinzenalmente, com duração de uma hora.


Foi ainda premiado o projeto “etno-grafia(s)”, de João Gigante, um ato performativo em espaço público com música – concertina -, fotografia e vídeo, também transmitido em plataforma online.


O ciclo “A tua palavra” selecionou Eva Vieira, com o projeto “Boscobel, ou à procura de Tanto”, uma edição impressa de textos inéditos em poesia com ilustrações.


No ciclo “O teu olhar” foi selecionada Beatriz Ramirez, com o projeto de retratos do quotidiano durante a pandemia e exposição poster-bomber (arte urbana) de 15 imagens selecionadas.


No mesmo ciclo, foi também selecionado Paulo Alegria, com o projeto “Chamadas de curta distância, Short distance calls”, com recolha de imagens virtuais e construção de um livro visual bilingue: texto, edição, tradução, desenho gráfico e paginação.