Página Inicial > Notícias > Exposição...do Castelo

Exposição “Proibido por Inconveniente” apresenta materiais raros do período do Estado Novo em Viana do Castelo

29 Setembro 2022

Entre os dias 5 e 30 de outubro, os Antigos Paços do Concelho de Viana do Castelo acolhem a exposição “Proibido por Inconveniente”, que apresenta materiais raros do período do Estado Novo.


A mostra, realizada em conjunto pelo Arquivo EPHEMERA e a Câmara Municipal de Lisboa, poderá ser vista em Viana do Castelo diariamente, das 10h00 às 17h00. A inauguração acontece no feriado da Implantação da República, 5 de outubro, às 18h00, contando com a presença de José Pacheco Pereira.


Antes, dia 4 de outubro, às 15h00, Pacheco Pereira promove uma visita guiada à comunicação social.


O Arquivo EPHEMERA, pela mão do seu núcleo de Viana do Castelo, com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo, proporcionará o contacto com um conjunto de materiais raros que documentam um período e um assunto muito importante da história do país, partindo dos materiais das censuras materiais do Arquivo EPHEMERA e de outros cedidos por particulares vianenses, familiares de opositores ao Estado Novo.


Na inauguração da exposição, os filhos de Ribeiro da Silva, ilustre advogado oposicionista vianense, farão entrega ao Arquivo Municipal de Viana do Castelo de parte do seu espólio documental, constituído por cartas, folhetos políticos, textos políticos, apontamentos de reuniões partidárias e de associações cooperativas, processos judiciais de opositores, assim como textos publicados pela sua mulher, assinados como Rosa Gomes de Castro, em diferentes periódicos.


Pacheco Pereira refere, no texto de abertura do catálogo, que um dos feitos da Censura em Portugal foi ter deixado uma nostalgia perversa do Portugal da Ditadura, onde era feito crer que todos se entendiam, havia “consensos”, não havia corrupção e todos trabalhavam para o “bem comum”. Nesse sentido, a Censura foi talvez a mais eficaz arma do regime da ditadura, cujos efeitos ainda hoje estão submersos no nosso quotidiano. “Proibido por inconveniente”, nas palavras de Pacheco Pereira, tem uma intenção a que podemos chamar pedagógica, mostrando a Liberdade pela sua negação.


Nos dias 8 e 22 de outubro, às 11h00, serão organizadas visitas guiadas por voluntários do EPHEMERA para o público em geral, mediante inscrição prévia, para grupos de 25 pessoas. As inscrições podem ser feitas no local da exposição ou através do email ephemeraviana@gmail.com .


Também as escolas poderão agendar visitas guiadas, para todos os ciclos, em datas a marcar, com a duração de cerca de uma hora, limitadas a uma turma por sessão.


A curadoria da exposição é da responsabilidade de Carlos Simões e de Júlia Leitão de Barros, com o apoio na montagem de Carlos Vieira.