Página Inicial > Notícias > Exposição...em Valença

Exposição de Rui Pinto a favor da Cáritas Diocesana e GAF abre sexta-feira em Valença

25 Novembro 2014


Dezenas de obras de Rui Pinto vão estar em exposição para venda na Pousada de S. Teotónio, em Valença, a partir de sexta-feira. Integrada na Campanha “Coração Solidário” da Câmara Municipal de Viana do Castelo, a venda das obras reverte para a Cáritas Diocesana de Viana do Castelo e para o Gabinete de Atendimento à Família.

A exposição, que inaugura sexta-feira pelas 18 horas, pretende angariar fundos para as duas instituições sociais de Viana do Castelo, sendo que esta é a terceira iniciativa solidária do artista, depois de ter passado pelo Hotel Flor de Sal e pelo Palacete Malheiro Reimão. O objetivo de mais esta iniciativa, patente até 25 de janeiro de 2015, é sensibilizar novos públicos, nomeadamente o galego, para a causa solidária em época natalícia.

De lembrar que o “Coração Solidário” pretende apelar aos munícipes para que participem em atividades diversas contribuindo assim para apoiar instituições vianenses, neste caso a Cáritas Diocesana e o GAF.

A Cáritas Diocesana, criada em Março de 1984, tem como missão o desenvolvimento humano e a defesa do bem comum, fomentando a partilha de bens e a assistência em situações de calamidade e emergência. Ajuda os mais desfavorecidos através da atribuição de apoio económico, de géneros alimentícios, roupa e calçado, do pagamento de consultas médicas e medicamentos, da melhoria das condições de habitabilidade e da colaboração com instituições de âmbito social, designadamente com os Serviços de Segurança Social no programa Comunitário de “Ajuda Alimentar” e com o ACIDI - Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural no projeto de implementação do Centro Local de Apoio à integração de Imigrantes - CLAII.

O Gabinete Social de Atendimento à Família - GAF é uma Instituição Particular de Solidariedade Social criada em maio de 1994, com o objetivo de potenciar a "família" nas suas diferentes dimensões e proporcionar uma resposta global e integrada às problemáticas mais prementes e geradoras de exclusão.
A sua intervenção é multidisciplinar, individualizada e multidimensional, de modo a contribuir para a (re)inserção social e a melhoria da qualidade de vida de grupos socialmente desinseridos e economicamente desfavorecidos, numa tentativa de minimizar o impacto de fatores geradores de exclusão.

Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo