Página Inicial > Notícias > Empresa pública...do Castelo

Empresa pública Águas do Norte está a investir 65 milhões de euros no concelho de Viana do Castelo

13 Julho 2018

A Águas do Norte está a fazer um investimento de 65 milhões de euros no concelho de Viana do Castelo, entre obras de abastecimento de água e saneamento de águas residuais. O plano de investimento previsto no contrato de concessão começou a ser executado em 2002, pela então empresa Águas do Minho e Lima, e deverá estar concluído até 2021, tendo já sido executados 53 milhões do montante total.


Desta verba, 47,2 milhões de euros correspondem a investimento na rede em alta de abastecimento de água, sendo o valor destinado a saneamento básico de 17,8 milhões de euros. Neste momento, estão em curso obras no valor de 2 milhões de euros, sendo 1,7 milhões para abastecimento de água e 350 mil euros para saneamento básico.


Estão já em fase de conclusão pela Águas do Norte as empreitadas de abastecimento de água referentes à execução do reservatório e condutas de Pousados, que irão abastecer a freguesia de Nogueira, com um valor de 870 mil euros, das condutas e reservatórios de Milhões, Vila Franca e Barroselas, que irão abastecer as freguesias de Alvarães, Barroselas, Carvoeiro, Mujães, Vila Franca, Vila Fria e Vila de Punhe, no valor de 3,9 milhões de euros, e a empreitada de execução das condutas e reservatórios de Subportela e Mujães, que irão abastecer as freguesias de Subportela, Mujães e Portela Susã, no valor de 1,3 milhões de euros.


Encontram-se ainda em execução os investimentos referentes às empreitadas de Deão, Deocriste e Freixieiro de Soutelo, que irão servir as mesmas freguesias, no valor de 1,8 milhões de euros, assim como a empreitada de reabilitação do intercetor de águas residuais de São Romão, no valor de 350 mil euros.


No âmbito do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Norte de Portugal estão ainda previstos, no concelho de Viana do Castelo, investimentos na ordem dos 7,3 milhões de euros em abastecimento de água, respeitantes ao reservatório de Afife, à ligação ao reservatório de Perre a Outeiro, à ligação do reservatório de Pousados a Montaria e à remodelação da conduta de Bertiandos. No que diz respeito ao saneamento de águas residuais, os investimentos previstos incluem o intercetor e estação elevatória de Serreleis, Cardielos, Torre e Vila Mou, o intercetor e estação elevatória de Vila de Punhe, Barroselas e Mujães, e a reabilitação da conduta da Areosa e de Darque, num valor total estimado de 2,8 milhões de euros.


A Águas do Norte resultou da agregação das empresas Águas do Douro e Paiva, Águas do Noroeste, Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro, e Simdouro - Saneamento do Grande Porto, que foram integradas no grupo Águas de Portugal, detendo a empresa a concessão por 30 anos da exploração e gestão do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte de Portugal.