Página Inicial > Notícias > Embaixador...d’Agonia

Embaixador Seixas da Costa convidado para a presidir Comissão de Honra das festas d’Agonia

29 Abril 2016

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo delegou a presidência da Comissão de Honra das Festas d’Agonia, como é já tradição, tendo convidado o antigo embaixador Francisco Seixas da Costa para presidir à Comissão de Honra das Festas d’Agonia, homenageando assim a sua ligação a Viana do Castelo.

Depois de Judite Cardoso, o antigo embaixador foi agora convidado para presidir à Comissão de Honra. O antigo embaixador de Portugal em países da diáspora, onde desenvolveu uma forte ligação e trabalho com as comunidades portuguesas, vai presidir aos números principais da romaria, sendo que a escolha recaiu sobre uma personalidade nacional que contribuiu para a preservação do património cultural, etnográfico e artístico.

Francisco Manuel Seixas da Costa foi admitido por concurso público no serviço diplomático português em 1975 e esteve inicialmente colocado nas Embaixadas em Oslo (1979-1982), Luanda (1982-1986) e Londres (1990-1994), tendo também exercido funções de assessoria e chefia no quadro do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Entre 1995 e 2001, foi Secretário de Estado dos Assuntos Europeus, tendo integrado os XIII e XIV Governos Constitucionais. Nessa qualidade, foi o principal negociador português do Tratado de Amesterdão (1995-1997) e do Tratado de Nice (2000), tendo presidido ao Comité de Ministros do Acordo de Schengen (1997) e ao Conselho de Ministros do Mercado Interno da União Europeia (2000).

Regressado à carreira diplomática, em 2001, foi embaixador representante permanente junto das Nações Unidas (2001-2002), onde desempenhou os cargos de vice-presidente do Conselho Social e Económico - ECOSOC (2001), de presidente da Comissão de Economia e Finanças da 56.ª Assembleia Geral (2001-2002), de vice-presidente da 57.ª Assembleia Geral (2002), tendo integrado, a convite do secretário-geral, Kofi Annan, o board do UNFIP - United Nations Fund for International Partnerships (2001-2002).

Em 2002, foi nomeado embaixador representante permanente junto da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (2002-2004), durante a presidência portuguesa da organização, tendo então presidido ao respetivo Conselho Permanente (2002).

Entre 2005 e 2009, foi embaixador de Portugal no Brasil e entre 2009 e 2013 foi embaixador de Portugal em França. Em 2010, foi nomeado cumulativamente embaixador não-residente de Portugal no Mónaco, com residência em Paris. A partir de 2012, passou, em acumulação, a assumir funções como embaixador representante permanente junto da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) e junto da União Latina. De 1 de fevereiro de 2013 a 31 de janeiro de 2014, dirigiu o Centro Norte-Sul do Conselho da Europa.


Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo