Página Inicial > Notícias > Dia Nacional...aniversário

Dia Nacional do Mar em Viana do Castelo | Centro de Mar assinalou primeiro aniversário

17 Novembro 2015

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, participou ontem nas Comemorações do Dia Nacional do Mar, que decorreram no Centro de Mar no navio Gil Eannes, valência inaugurada há precisamente um ano para dar apoio ao projeto “Centro de Mar” de Viana do Castelo. Num ano, o centro recebeu a visita de cerca de 14 mil pessoas, entre eles muitos alunos das escolas do concelho.

Ontem, Dia Nacional do Mar, cerca de cinquenta alunos do jardim-de-infância e escolas básica de Nogueira participaram na apresentação dos projetos realizados pelas escolas no âmbito da temática “Um mar de descobertas na escola”, e ainda em atelieres temáticos interativos sobre as ciências do mar. Esta iniciativa integra o evento “Viana sabe (a)mar”, que integrou também a apresentação do livro “O Mar e a Pesca” e que vai inclui até domingo mais ateliês, um roteiro gastronómico e uma festa do traje e showcooking no fim de semana.

De lembrar que foi inaugurado no Dia Nacional do Mar em 2014 o Centro de Mar – Centro de Interpretação Ambiental e de Documentação do Mar, depois de ter sido reabilitado e reconvertido um espaço do navio Gil Eannes para ali abrir a “porta de entrada” do Centro de Mar de Viana do Castelo, uma empreitada orçada em mais de 550 mil euros, financiados pelo ON.2 – O Novo Norte. Tendo implicado um conjunto de adaptações do navio para as novas funções complementares às que já aí estão a funcionar, teve por objetivo melhorar os acessos e as condições gerais de circulação e segurança do espaço.

As novas componentes instaladas – áreas para serviços do Centro de Mar, Centro Interpretativo Ambiental, que inclui um percurso museológico e interpretativo sobre a cultura marítima de Viana do Castelo, e Centro de Documentação Marítima – obrigam a acrescentar à exposição existente, fundamentada numa musealização convencional e interpretativa do próprio navio enquanto objeto patrimonial, duas novas componentes expositivas, uma de carácter interativo e “remissivo” (porque remete o visitante para o território local e regional envolvente, através de uma fio condutor que se centra na temática global da cultura e vivência marítimas) e uma de carácter imersivo (apoiada fundamentalmente no recurso ao audiovisual).

O novo espaço foi dotado, entre outras valências, de equipamentos multimédia, um mini-auditório, a possibilidade de acesso a consultas, áreas de apoio ao empreendedorismo e economia náutica e diversas experiências audiovisuais interativas.

Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo