Página Inicial > Notícias > Concurso...à Romaria

Concurso vai escolher a melhor montra de comércio de Viana do Castelo dedicada à Romaria

03 Agosto 2022

Os comerciantes do concelho de Viana do Castelo estão a ser desafiados para um concurso que pretende distinguir as melhores decorações de montras alusivas à Romaria d’Agonia, cuja primeira edição arranca já no sábado.

“Com o intuito de dinamizar o comércio tradicional, tornando-o mais atrativo durante época”, explica o presidente da Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC), Manuel Cunha Júnior, acrescentando que será elaborado um “roteiro” dos espaços comerciais aderentes, para divulgação junto da população e visitantes.


O Concurso de Montras alusivas à Romaria d’Agonia resulta de uma parceria entre a AEVC e a VianaFestas, destinando-se a todos os estabelecimentos de comércio, restauração e serviços existentes na cidade e que tenham montra passível de ser decorada.


“Cada vez mais os nossos comerciantes têm uma atenção redobrada às montras nos dias da Romaria e já não se ficam apenas por colocar o cartaz oficial, vão buscar outros motivos, até alusivos à padroeira. Daí a ideia de promover um concurso para reforçar esta ligação entre o nosso comércio e a nossa festa”, explica o diretor executivo da VianaFestas, António Cruz.


O concurso, que vai atribuir prémios às três melhores montras identificadas por um júri constituído para o efeito, obriga, contudo, à formalização da ficha de inscrição até ao final do dia 05 de agosto junto da AEVC, devidamente preenchida e assinada pelo empresário, podendo ser entregue em formato papel na sede da associação ou através do correio eletrónico comercial@aevc.pt.


O regulamento do concurso obriga a que todas as montras concorrentes estejam prontas às 09:00 de 06 de agosto, devendo assim permanecer até ao final do 21 de agosto de 2022.


Está prevista uma visita do júri aos vários concorrentes no dia 13 de agosto e os vencedores serão anunciados no dia 17 de agosto, às 18:30, no Posto de Informação da Romaria d’Agonia.