Página Inicial > Notícias > Concurso...mil euros

Concurso público para construção da nova Casa Mortuária Municipal de Viana de Castelo avança com valor base de 800 mil euros

06 Maio 2020

A Câmara Municipal de Viana do Castelo vai lançar o concurso público para a construção da nova Casa Mortuária Municipal de Viana do Castelo, com um valor base de 800 mil euros. O novo equipamento municipal visa acolher os cidadãos num momento de despedida dos seus entes queridos, conferindo condições de dignidade e sobriedade durante as cerimónias fúnebres. O lançamento do concurso público é apreciado esta quinta-feira em reunião ordinária do executivo.


O nova Casa Mortuária irá situar-se na Avenida Capitão Gaspar de Castro, nos terrenos do Horto Municipal, aproveitando a proximidade ao Cemitério existente e o seu enquadramento com a área ajardinada envolvente.


A construção proposta, com uma área bruta de 561,70 m2, agrega dois volumes, um mais baixo que se constitui como área de circulação e de ligação entre os diferentes espaços, visualmente aberto para a área ajardinada, e o volume mais alto, que integra as quatro salas mortuárias, mais fechadas para o exterior e com iluminação zenital.
A galeria que dá acesso às salas mortuárias, áreas sanitárias, salas de família e sala de apoio faz a comunicação entre os vários espaços exteriores, desde a área de acesso automóvel – com entrada pela Avenida Gaspar de Castro –, área ajardinada correspondente ao atual jardim do Horto Municipal, até ao arruamento pedonal criado a poente e que faz a ligação ao Largo da Igreja do Convento da Ordem Terceira de São Francisco, Igreja de Santo António e galeria de acesso ao Cemitério Municipal.


As salas mortuárias que se distribuem ao longo da galeria correspondem a quatro espaços autónomos e foram projetadas para oferecer uma certa polivalência, podendo dois dos espaços constituir uma única área com maior capacidade – duplicação de área – após abertura da parede, que é constituída por painéis acústicos que separam as duas salas.


Cada uma das salas mortuárias tem um espaço específico para o féretro, que poderá ser fechado por painéis de vidro, constituindo um espaço ventilado e arrefecido, separado do restante espaço, mas perfeitamente visível.


O bloco de sanitários de apoio ao complexo encontra-se no extremo poente, ficando completamente oculto para o restante espaço, pois o acesso para o hall de distribuição desenvolve-se em sifão. A partir deste hall encontram-se os sanitários femininos, masculinos e um comum para pessoas com mobilidade reduzida. Na continuidade deste bloco, mas com entrada direta pelo hall de entrada a poente, localiza-se a uma sala de apoio, com uma instalação sanitária privada. Ainda com entrada a partir deste hall, foram criadas duas salas reservadas para apoio às famílias, com banca armário e lava-loiças, podendo ter uma área de estar, com sofás.


O espaço exterior será remodelado, propondo-se na área ajardinada manter os circuitos pedonais estruturados.