Página Inicial > Notícias > Comissão...em Portugal

Comissão Europeia promove workshop sobre Economia Azul em Portugal

26 Setembro 2018

Viana do Castelo foi a cidade escolhida pela Direção Geral dos Assuntos Marítimos e Pescas da Comissão Europeia para acolher, esta sexta-feira, um workshop sobre Economia Azul em Portugal. A 28 de setembro, a partir das 9h00, Viana do Castelo recebe especialistas internacionais que vão debater a economia ligada ao mar, estando prevista a presença da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, para a sessão de abertura, que contará também com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa.


Durante a manhã, acontece também uma apresentação da Directorate-General for Maritime Affairs and Fisheries (DG MARE) e da Direção-Geral de Política do Mar (DGPM) sobre a Economia Azul em Portugal e o Plano de Ação Atlântico.


Ao longo do dia, serão promovidas sessões de trabalho temáticas para consulta sobre o futuro da Estratégia do Atlântico e do correspondente Plano de Ação, organizadas pela Comissão Europeia, em cooperação com Espanha, Portugal, França, Reino Unido e Irlanda, países envolvidos na implementação da Estratégia do Atlântico.


Esta sessão de trabalho em Portugal é organizada conjuntamente pela Comissão Europeia, através da Direção Geral de Assuntos Marítimos e Pescas, pelo Ministério do Mar de Portugal, através da Direção Geral de Política do Mar, e pela Câmara Municipal de Viana do Castelo.


Na sessão de trabalho pretende-se recolher ideias concretas para iniciativas e ações conjuntas e colaborativas nos domínios em debate, contribuindo para o processo de revisão do atual Plano de Ação da Estratégia do Atlântico. Serão ainda recolhidas ideias sobre como fomentar o envolvimento dos decisores regionais e locais na governação e implementação da Estratégia do Atlântico.


A consulta reunirá especialistas nacionais e internacionais que partilharão a sua visão e experiência nos domínios em debate, que incluem temas como Portos como Polos de economia azul; Lançamento de tecnologias inovadoras de energias renováveis marinhas no Atlântico; Portos e marinas inteligentes para fomentar a navegação de recreio, lazer e turismo costeiro; e Aumento das competências e carreiras azuis através de uma maior cooperação entre a educação e a indústria e promoção da literacia dos oceanos na área do Atlântico.