Página Inicial > Notícias > CMIA de Viana...São Leopoldo

CMIA de Viana do Castelo vai ser replicado no município brasileiro de São Leopoldo

29 Junho 2018

O Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) de Viana do Castelo vai ser replicado no município de São Leopoldo, no Brasil. A exportação do projeto vianense é uma das principais conclusões do 2º Encontro do Programa Internacional de Cooperação Urbana da América Latina e Caribe (IUC-LAC) entre São Leopoldo e Viana do Castelo, que aconteceu ao longo desta semana na capital do Alto Minho.


O CMIA de Viana do Castelo será a inspiração para que São Leopoldo abra um Centro Integrado Socioambiental que irá desenvolver atividades com a comunidade local e que está também afeto a um Parque Natural, o parque Imperatriz D. Leopoldina. Os dois municípios vão assim partilhar metodologias de trabalho, modelo de gestão, recursos educativos e de sensibilização.


Entre as iniciativas que poderão ser articuladas entre os dois Centros, destaque para intercâmbio de exposições de fotografia desenvolvidas por alunos de ambas as cidades; transferência de conhecimento entre ambas as cidades acerca de estudos da biodiversidade e caracterização dos ecossistemas; e desenvolver um Plano Municipal de Ambiente e Sustentabilidade em Viana do Castelo com base na experiência de S. Leopoldo.


Em outubro, neste âmbito, um técnico do CMIA vai uma semana a São Leopoldo para ajudar a operacionalizar o projeto e, depois, um técnico do município brasileiro voltará a Viana do Castelo.


Neste segundo encontro entre os dois municípios as áreas em debate foram a educação ambiental, ciclo urbano da água e resíduos, eficiência energética, urbanismo e património e ainda as indústrias ligadas às novas tecnologias.

Durante esta visita da comitiva de São Leopoldo foram dadas a conhecer as instituições e as empresas do concelho de Viana do Castelo e o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, que é também presidente da Associação Brasileira de Municípios (ABM), teve oportunidade de estabelecer contatos com empresários e instituições na Galiza.

O Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC), de três anos de duração, tem como objetivo habilitar cidades em diferentes regiões do globo a criarem redes e a partilharem soluções para problemas comuns de desenvolvimento urbano sustentável. Com o apoio do IUC, as cidades terão a oportunidade de partilhar e trocar conhecimento com suas contrapartes internacionais, construindo um futuro mais verde e próspero.