Página Inicial > Notícias > CIM Alto...Litoral Norte

CIM Alto Minho declara apoio a Plataforma de Entendimento dos Municípios do Litoral Norte

24 Novembro 2009

Os presidentes das nove autarquias do distrito de Viana do Castelo e que compõe a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho declararam hoje o seu apoio à Câmara Municipal de Viana do Castelo, que criou com Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Matosinhos, uma Plataforma de Entendimento e solicitou o agendamento de uma audiência ao Ministro das Obras Públicas no sentido de apresentar as razões para a não introdução de portagens na A28.

Este apoio dos nove autarcas, deliberado hoje numa reunião conjunta entre a CIM do Alto Minho e o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, assenta no pressuposto de que a A28, para além de ligar os concelhos de Viana do Castelo, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde e Matosinhos ao Porto, é também a via que permite o acesso à actividade económica e social dos concelhos do Alto Minho e a articulação com a A27 e a rede de estradas nacionais.

 Os nove concelhos do Alto Minho – Ponte de Lima, Caminha, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez, Vila Nova de Cerveira, Paredes de Coura, Valença, Monção e Melgaço – entendem assim que, para além da distância que os separa do Porto (custo acrescido das despesas e tempo para as actividades económicas), serão fortemente penalizados com a introdução de portagens, que irão aprofundar ainda mais os factores de agravamento da coesão nacional.

 Recorde-se que, no final da semana passada, os representantes dos Municípios do Litoral Norte reuniram e constituíram uma Plataforma de Entendimento, tendo também solicitado ao novo Ministro das Obras Públicas uma audiência para apresentar as razões pelas quais não concordam com a introdução de portagens na A28, nomeadamente o facto de que EN13 não é alternativa de oferta viária e e os indicadores regionais e concelhios colocam a região do Alto Minho abaixo da média nacional (o Índice do Poder de Compra Per Capita do Norte está abaixo dos 80 % (79.5 para o norte e 61.8 para o Minho Lima, segundo dados do INE 2005, e o PIB per capita regional se situa abaixo dos 90% (85.4 no Norte).

Viana do Castelo, 24 de Novembro de 2009

Gabinete de Imprensa

Câmara Municipal de Viana do Castelo