Página Inicial > Notícias > Centro Interpretativo...sentido”

Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa inaugura exposição sensorial “Em cada passo, um sentido”

04 Janeiro 2019

A Câmara Municipal de Viana do Castelo inaugura este sábado, pelas 11h00, a exposição itinerante “Em cada passo, um sentido”, no Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa. A exposição sensorial pretende dar a conhecer o Caminho Português da Costa de uma forma autêntica, através do olhar de um verdadeiro peregrino, autor das fotografias expostas.


A exposição, que estará patente no edifício do antigo Hospital Velho até 27 de janeiro, apresenta a experiência do Caminho Português da Costa pelo olhar de António Luís Campos, fotógrafo profissional de vida natural que colabora com publicações como a National Geographic, entre outras, e que, paralelamente, exerce a atividade de líder de viagens, o que o preparou para percorrer esta rota histórica no sentido de a tornar numa descoberta partilhável.


O objetivo é transportar os visitantes através do Caminho, quer pela experiência visual, auditiva e mesmo tátil que é proporcionada, quer pelo percurso geográfico, em que o território que acolhe o Caminho da Costa está sequencialmente representado, respeitando a ordem do trajeto no terreno.


Recorde-se que o Centro Interpretativo do Caminho Português da Costa, valência instalada no Hospital Velho, situado no centro histórico da cidade, é um novo espaço criado pela Câmara Municipal de Viana do Castelo onde o visitante pode encontrar, para além de um conjunto de elementos enquadrantes e interpretativos do Caminho, um conjunto de informações relevantes para a conclusão da peregrinação.


A instalação do Centro Interpretativo no antigo albergue de peregrinos gerou um investimento de 250 mil euros em obras de reabilitação e do espaço. No âmbito da regeneração urbana, a Câmara Municipal apresentou candidatura ao Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), para uma empreitada de quase 145 mil euros, que requalificou as fachadas e a cobertura do edifício do Hospital Velho. Já o apetrechamento da nova valência, num investimento de mais de 92 mil euros, foi feito no âmbito da candidatura Valorização dos Caminhos de Santiago – Caminho Português da Costa, que reúne dez municípios.


No âmbito das candidaturas foi executado um conjunto de obras de requalificação que permitiu dotar o espaço de condições e meios técnicos para a receção de peregrinos e visitantes retomando, de certa forma, a sua função primordial.


A Valorização do Caminho Português da Costa encontra-se integrada numa Rede Intermunicipal, coordenada tecnicamente pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, e onde são parceiras as Câmaras Municipais do Porto, de Matosinhos, da Maia, de Vila do Conde, da Póvoa de Varzim, de Esposende, de Caminha, de Vila Nova de Cerveira e Valença.