Página Inicial > Notícias > Centro Cultural...Rodrigo Leão

Centro Cultural de Viana do Castelo recebe “Songs” de Rodrigo Leão

30 Julho 2013

O palco do Centro Cultural de Viana do Castelo recebe, no próximo dia 09 de agosto, às 22H00, o mais recente trabalho de Rodrigo Leão. “Songs (2004-2012)”, um álbum que reúne canções cantadas em inglês que, desde “Cinema”, têm pontuado a discografia, e ainda inéditos, é o segundo grande concerto deste novo espaço cultural desenhado pelo arquiteto Eduardo Souto Moura.

Rodrigo Leão é um dos mais reconhecidos compositores portugueses contemporâneos. Tanto dentro como fora de portas. A sua música já viajou por todo o mundo tendo recebido aplausos nas mais distintas latitudes: por toda a Europa, mas também no Extremo Oriente ou na América. Neste espetáculo, Rodrigo Leão promete uma vez mais surpreender quem o tem seguido de perto ou quem queira agora embarcar nessa entusiasmante aventura. O palco é, para o compositor, um pretexto para experimentar novas ideias e para revisitar momentos marcantes da sua carreira.

Biografia de Rodrigo Leão:

“Dono de uma das mais interessantes discografias do nosso país, o músico e compositor Rodrigo Leão tem conhecido o sucesso dentro e fora de portas, facto que lhe tem permitido ter convidados de peso nos seus discos, como aconteceu com Ryuichi Sakamoto ou Beth Gibbons (Portishead). E isso reflecte apenas uma intensa ética de trabalho que nasce de uma dedicação profunda à música, patente desde sempre na sua carreira. Na década de 80, o seu visionário trabalho na Sétima Legião lançou pistas que ainda hoje são exploradas pela nossa pop. Fez também parte dos Madredeus, grupo com que começou por explorar o mundo e com quem gravou três álbuns que angariaram aplausos em todo o planeta. Logo depois, Rodrigo aventurou-se a solo com enorme sucesso. «Ave Mundi Luminar», editado em 1992, levou o seu nome aos mais importantes mercados do mundo. Seguiram-se trabalhos como «Mysterium» (1995), «Theatrum» (1996), «Alma mater» (2000) e a compilação «Pasion» (também de 2000). Com o álbum «Cinema», de 2004, a sua música alcançou novas audiências, reaproximando-o da esfera pop. Depois, a compilação «O Mundo», lançada internacionalmente em 2006, garantiu-lhe os mais rasgados elogios: Pedro Almodôvar, por exemplo, não teve dúvidas e descreveu Rodrigo Leão como «um dos mais inspirados compositores do mundo». Finalmente, em 2007, Rodrigo deu música às imagens da excelente série de televisão «Portugal – Um Retrato Social» e percorreu com sucesso várias salas do nosso país. Seguiu-se o desafio dos responsáveis pela maior série de ficção já produzida em Portugal, «Equador», para a qual Rodrigo compôs algumas peças evocativas que são já momento alto dos seus concertos.

Em 2009 edita “ A Mãe” que tem entrada directa para o 1ª lugar no Top de Vendas Nacionais onde permanece durante várias semanas tendo atingido o Galardão de Dupla Platina, Rodrigo Leão apresenta esse espectáculo em Portugal e no estrangeiro e em 2010 vê reeditado o seu álbum AVE MUNDI LUMINAR que apresenta em 3 concertos consecutivos e esgotados em Lisboa e Porto. Em 2011 Rodrigo Leão dá início a uma digressão Instrumental.

Em 2011 dá início a uma digressão Instrumental “A Montanha Mágica” melodias feitas de memórias e mistério, caixinhas de música guardadas em gavetas secretas, guitarra portuguesa que sublinha uma subtil identidade que é portuguesa mas aplaudida por todo o mundo. 2013 assiste a outras formas de entrada na sua obra, pela via das canções que tem composto em inglês ao longo da sua carreira.

Songs (2004-2012) parte exactamente dessa ideia de vocação universalista, um espectáculo que reúne temas como «Lonely Carousel», «Deep Blue» e «Happiness» -, ou «Cathy», «Sleepless Heart» e «This Light Holds So Many Colours» -, «Terrible Dawn» - e ainda três inéditos como «Incomplete» ou «In the Long Run» para além de outros grandes marcos da sua Carreira. Imperdível!”

Gabinete de Imprensa
Câmara Municipal de Viana do Castelo