Página Inicial > Notícias > Casa Mortuária...municipal

Casa Mortuária e nova EB1 e jardim-de-infância de Areosa em destaque na visita do executivo municipal

30 Maio 2022

O executivo municipal visitou, este fim-de-semana, a freguesia de Areosa para planear projetos e discutir projetos já em curso. O Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, reuniu com a Junta e Assembleia de Freguesia de Areosa para concertar a retoma do projeto de requalificação e ampliação da Casa Mortuária.


A reunião serviu também para planear o projeto de construção da nova escola EB1 e jardim-de-infância de Areosa, cujo terreno foi já adquirido pela autarquia. A estrutura, a localizar num terreno em frente da escola atual, irá agregar o primeiro ciclo do ensino básico e o jardim-de-infância, reaproveitando o atual edifício para salas de aulas do primeiro ciclo.


Assim, a nova escola deverá ser composta por dois edifícios com acesso diferenciado para os dois níveis, sendo que o pré-escolar ficará instalado no rés-do-chão e o primeiro ciclo no espaço do antigo edifício. O projeto para a escola conta com uma biblioteca, sala de professores, salas de aulas, refeitório e cantina, ludotecas, recreios cobertos e campos de jogos, novos arruamentos e estacionamento e redireccionamento de trânsito.


Neste encontro foi ainda feito um ponto de situação da ampliação do cemitério da freguesia, sendo que já há um entendimento com o proprietário para aquisição de terrenos que permitam a empreitada que é reivindicada pelos moradores de Areosa.


Esta visita a Areosa integra o conjunto de visitas que o executivo municipal tem vindo a fazer no sentido de conhecer as obras em curso e os novos projetos e investimentos para as freguesias do concelho, integrada na sua política de coesão territorial.


Nas Grandes Opções do Plano de Atividades e Orçamento da Câmara Municipal de Viana do Castelo para o presente ano a rubrica Coesão do Território e Desenvolvimento das Freguesias conta com um orçamento de 8,13 milhões de euros. Esta verba representa 12,2% do orçamento global, para investimento da iniciativa das Uniões e Juntas de Freguesias.