Página Inicial > Notícias > Câmara Municipal...Associação Chelonia

Câmara Municipal reforça programa de literacia sobre os oceanos firmando parcerias com a Direção-Geral de Política do Mar e a Associação Chelonia

24 Janeiro 2019

A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou, na última reunião de executivo, avançar com um protocolo para desenvolvimento do Programa de Literacia sobre os Oceanos: Escola Azul, em parceria com a Direção-Geral de Política do Mar (DGPM). Recorde-se que a Câmara Municipal definiu uma Agenda de Ciência e do Conhecimento para o quadriénio 2017-2021, pretendendo posicionar-se como um território de referência nestas temáticas.


O Programa Nacional Escola Azul, coordenado a nível pela DGPM, pretende distinguir as escolas que trabalham o oceano, sendo o objetivo último comprometer vários setores a participar decisivamente na formação de jovens com maior literacia do oceano envolvendo a comunidade escolar, a comunidade local e diferentes atores do setor do mar.


Já a autarquia de Viana do Castelo e no âmbito do desenvolvimento da Rede Municipal de Ciência, prevê o desenvolvimento de 3 observatórios que têm por foco a promoção de atividades de investigação, mas também de divulgação científica e de ciência-cidadã sobre as três grandes unidades de paisagem do concelho: o oceano, o rio e a montanha. A unidade dedicada ao estudo e promoção de literacia dos oceanos – Observatório da Biodiversidade do Litoral Norte – terá uma forte vocação para apoio à atividade pedagógica das escolas e pretende-se que constitua um polo de referência para a promoção da diferenciação, e flexibilidade curricular sobre as áreas do saber que se cruzam no oceano vianense.


Este protocolo tem por objetivo fortalecer as linhas estratégicas apresentadas no âmbito da Agenda de Ciência e do Conhecimento, nomeadamente através do reforço da conetividade com outros territórios aderentes ao mesmo programa, quer ao nível do estado da arte sobre a temática da literacia dos oceanos, quer ao nível do comprometimento entre a comunidade escolar, comunidade local, o município e o governo central.


O executivo aprovou também a constituição de um protocolo de cooperação com a Associação Chelonia para desenvolvimento do Programa de Literacia sobre a Conservação das Massas de Água. O município tem em curso o desenvolvimento de uma estratégia para mitigação da presença de hidrocarbonetos nas massas de água do concelho, com enfoque para a costa e o estuário inferior. Nesse sentido, está em curso, e através de um protocolo assinado com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a monitorização dos resíduos de uma praia oceânica do concelho, baseada nos pressupostos da convenção OSPAR. Muito embora se reconheça que as campanhas realizadas permitiram obter dados científicos importantes para o conhecimento da problemática destes resíduos e a sua dispersão, o município entende que as ações têm sido limitadas no tempo e na abrangência territorial.


Assim, este protocolo com a Associação Chelonia garantirá o alargamento da monitorização dos resíduos às praias interiores (estuarinas e fluviais) e permitirá o desenvolvimento de ações de literacia para as comunidades educativas e munícipes em geral, tendo por base a temática dos resíduos circulantes nas massas de água.