Página Inicial > Notícias > Câmara Municipal...dois anos

Câmara Municipal já conta com 12 viaturas elétricas e quer renovar frota completa nos próximos dois anos

18 Setembro 2019

A Câmara Municipal de Viana do Castelo já adquiriu um total de 12 viaturas elétricas e o objetivo passa por renovar toda a frota automóvel, investindo em soluções mais amigas do ambiente, nos próximos dois anos. Entraram hoje ao serviço do Município mais duas viaturas de cinco lugares e a autarquia está já a preparar candidatura para adquirir outros dois veículos elétricos.


Neste momento, a Câmara Municipal conta com 2 mini-autocarros elétricos, 1 viatura ligeira de mercadorias de dois lugares, 5 viaturas ligeiras de passageiros, 2 viaturas mistas de cinco lugares e 2 viaturas ligeiras de passageiros híbridas.


Para o autarca, José Maria Costa, este é um contributo importante do município para a sustentabilidade ambiental e para uma efetiva redução de emissão de gases de carbono. O edil já revelou que é intenção do executivo proceder à renovação de toda a frota automóvel municipal até final do mandato, substituindo-a por veículos elétricos.


A substituição da frota automóvel por veículos mais amigos do ambiente é uma das 30 medidas que integram a Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas. Este é um processo que foi iniciado em 2015, com a adesão do município a um projeto-piloto a nível nacional para a definição de estratégias de adaptação às alterações climáticas. A Estratégia Municipal inclui as grandes preocupações de Viana do Castelo no que diz respeito ao território, infraestruturas, proteção e erosão costeira e florestas, entre outras.


Nesse sentido, em setembro de 2018, o município de Viana do Castelo foi selecionado pela FCiências.ID – Associação para a Investigação e Desenvolvimento de Ciências para integrar o projeto europeu Bridging European and Local Climate Action (BEACON), juntamente com 33 municípios da Bulgária, República Checa, Alemanha, Grécia, Polónia, Portugal e Roménia. O projeto BEACON proporciona a partilha de experiências e recolha de ensinamentos e boas práticas dos países envolvidos para planear e implementar uma estratégia e/ou medidas de mitigação às alterações climáticas no território de cada município.