Página Inicial > Notícias > Câmara Municipal...Freguesias

Câmara Municipal aprova mais de 175 mil euros de transferências para obras de Juntas e Uniões de Freguesias

11 Janeiro 2019

A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou a transferência de uma verba global de 175.500 euros para oito Juntas e Uniões de Freguesias do concelho, para a execução de obras variadas. Estas transferências vão de encontro ao espírito da colaboração técnico-financeira que o município de Viana do Castelo vem desenvolvendo com as freguesias.


Assim, para a Junta de Freguesia de Alvarães será transferida uma verba de 30 mil euros, para mais uma fase da Requalificação do Cemitério. Para a Junta de Freguesia de Areosa será transferida também uma verba de 30 mil euros, para a 3ª fase do Edifício de apoio de S. Mamede e área envolvente.


Para que seja desenvolvida a 3ª fase da Pavimentação da Estrada Velha e da Rua da Bilheteira, a autarquia vai transferir 20 mil euros para a Junta de Carreço. Serão também transferidos 30 mil euros para que a Junta de Castelo do Neiva leve a cabo encargos com instalação / remoção, energia e aluguer dos contentores de apoio à obra “Requalificação e Construção de Aprestos – 1ª fase”.


Serão ainda transferidos 20.500 euros para a União de Freguesias de Barroselas e Carvoeiro para a 4ª fase da Capela Mortuária de Carvoeiro e 25 mil euros para a que a União de Freguesias de Subportela, Deocriste e Portela Susã execute o passeio e desvio de paragem de transportes coletivos na Estrada de Santiago – 1ª fase.


A Junta de Freguesia de Vila de Punhe vai receber uma transferência de 15 mil euros para Aquisição de Terrenos – Moinho do Inácio e Azenha do Bonfim e a Junta de Freguesia de Vila Franca vai Requalificar o Caminho do Manco com uma verba de 5 mil euros.


Recorde-se que as Grandes Opções do Plano para o exercício de 2019 reafirmam as linhas de atuação de acordo com a estratégia clara e consistente que aposta na reabilitação urbana, na coesão social e territorial das freguesias, na educação, no acolhimento empresarial, na cultura e na economia do mar, mas também numa administração e numa gestão muito rigorosa dos dinheiros públicos e de grande esforço na poupança corrente.


A política de coesão territorial e o desenvolvimento das freguesias está a ser continuada e aprofundada em 2019 com um aumento de 3% na transferência de verbas com a colaboração com as Juntas e Uniões de Freguesia em projetos de formação e inovação digital, possibilitando a todos os que querem viver nas áreas periurbanas ou nas áreas rurais tenham a mesma qualidade de vida das pessoas que habitam na área urbana.