Página Inicial > Notícias > Bombeiros...existência

Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo assinalam hoje 139 anos de existência

15 Maio 2020

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo assinala esta sexta-feira o 139º aniversário. Fundada a 15 de maio de 1881, a corporação de voluntários surgiu depois de, em 23 abril do mesmo ano, um grande incêndio ter deflagrado num armazém de enxofre que continha 1.016 sacas daquele produto e uma porção de urze seca, que servia para a estivagem de navios. Em dia de aniversário, o Presidente da Câmara Municipal, José Maria Costa, manifesta “apreço e reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelos Bombeiros Voluntários ao longo de todos estes anos”.


“Os Bombeiros Voluntários surgiram de uma Associação Humanitária de pessoas de bem que quiseram juntar-se em torno de uma causa que era estar ao serviço dos outros e dar a vida, se fosse preciso, pelos outros. Penso que o espírito que presidiu à assunção desse objetivo, passados todos estes anos, continua muito atual”, afirma o autarca.


Conforme a história dos Bombeiros Voluntários descreve, ao grande incêndio de abril de 1981 “compareceu a Companhia de Bombeiros Municipais com os respectivos aparelhos, quase todo o Regimento de Infantaria 3, muitos guardas da fiscalização externa, e outras pessoas que, sob as ordens imediatas das autoridades, também presentes, principiaram a combater o incêndio, que ameaçava tomar enormes proporções”, mas “os vapores do enxofre a arder espalharam-se de maneira tal que sem o risco de asfixia fulminante ninguém se podia aproximar”.


Assim, “no dia 29 daquele mês, vários cavalheiros da cidade, a fim de combinarem nos meios a adotar para a organização de um corpo de bombeiros voluntários, reuniram-se na casa da Associação Comercial”. Depois, no dia 15 de maio, pelas 11 horas, realizou-se nas instalações do Liceu (hoje Escola Pluricurricular de Santa Maria Maior) uma reunião, que foi presidida pelo Governador Civil, Boaventura José Vieira. “Foi apresentado o projeto de estatutos, que foi aprovado, e logo ali foi aberta inscrição de sócios das diversas categorias em que se dividia a Associação”. Seguidamente procedeu-se à eleição da Direção e Comando, ficando assim constituídos, como Presidente, Boaventura José Vieira, e, como 1º Comandante, Randolpho Rosmiro Correa Mendes.