Página Inicial > Notícias > Biblioteca...especiais

Biblioteca Municipal de Viana do Castelo lança primeira produção para leitores com necessidades especiais

16 Março 2021

A Biblioteca Municipal de Viana do Castelo vai lançar, no Dia Mundial da Poesia, um audiolivro, numa primeira produção para leitores com necessidades especiais. Assim, a 21 de março, nas redes sociais da Biblioteca será divulgado um excerto da primeira produção em audiolivro, “Poemas de amor: antologia de poesia portuguesa”, de Inês Pedrosa, editado pela D. Quixote, em 2004, realizado no âmbito da candidatura ao programa “E-Gov Alto Minho 2020: Município de Viana do Castelo –2ª Fase”.


Trata-se de um livro em formato alternativo, realizado pelo Serviço de Leitura Especial da Biblioteca Municipal com a colaboração da companhia Teatro Noroeste – Centro Dramático de Viana, cujo resultado se destina unicamente aos leitores com necessidades específicas e sem fins comerciais.


Já em dezembro passado a Biblioteca Municipal tinha disponibilizado outro novo serviço gratuito, através da aplicação Press Reader, para possibilitar que os quase 22 mil utilizadores inscritos na Biblioteca Municipal vianense tenham acesso digital a mais de 7.600 publicações nacionais e internacionais.


O utente apenas tem de descarregar a aplicação PressReader ou aceder ao website www.pressreader.com, entrar através da opção Bibliotecas e Grupos, selecionando Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, digitando depois as credenciais associadas ao seu cartão de leitor (número e pin).


A Biblioteca Municipal, desenhada por Álvaro Siza Vieira, tem uma área total de 3.130 metros quadrados divididos por dois pisos, sendo o piso inferior destinado aos serviços técnicos, gabinetes de trabalho e de consulta especializadas, áreas de depósito e de atendimento, reservando-se o andar sobrelevado às salas de leitura para adultos e crianças. Atualmente, a biblioteca conta com cerca de 100 mil livros.


Enquadrada com o rio e com o centro histórico da cidade, a Biblioteca foi construída em betão branco, que recobre uma complexa estrutura em ferro, sendo o embasamento em granito. As salas são inundadas de luz natural graças aos originais lanternins e às grandes janelas panorâmicas sobre o rio Lima.